Easy Taxi recebe aporte de R$ 30 milhões de fundo de capital de risco

0
10

A plataforma para chamada de táxi via celular ou internet Easy Taxi recebeu nova rodada de investimentos no valor de R$ 30 milhões do fundo de capital de risco Latin America Internet Holding (LHI), empresa da incubadora alemã de startups na área de internet Rocket Internet e da Milicomda. A Easy Taxi vai utilizar o aporte para expandir suas operações tanto na América Latina como globalmente. "Com o novo investimento queremos estar em pelo menos mais 25 países até o fim deste ano, assim como ampliar nossa base de passageiros e taxistas para prover um serviço cada vez mais eficiente aos nossos stakeholders", afirma Tallis Gomes, CEO da Easy Taxi.

Em outubro passado, o aplicativo recebeu injeção de R$ 10 milhões da Rocket Internet para expandir seu serviço em todas as regiões da capital paulista e para outras capitais brasileiras. Atualmente, a Easy Taxi atua, além de em São Paulo, no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Salvador, Recife, Fortaleza, Goiânia, Curitiba e Natal e em Bogotá (Colômbia), Lima (Peru), Santiago (Chile), Caracas (Venezuela), Cidade do México (México), Buenos Aires (Argentina), Seul (Coreia do Sul), Lagos (Nigéria) e Kuala Lumpur (Malásia).

A plataforma tem hoje mais de 30 mil motoristas de táxi em sua rede e quase 1 milhão de downloads do aplicativo. No modelo de negócio da Easy Taxi não há cobrança de mensalidade para o taxista que utiliza o aplicativo, o único custo é de R$ 2 por corrida concluída e o pré-requisito é ter um smartphone com sistema operacional Android 2.1 ou superior, com GPS e acesso à internet.

Deixe seu comentário