Publicidade
Início Newsletter (TI Inside) Dados de clientes do Sicoob podem ser usados para fins criminosos, informa...

Dados de clientes do Sicoob podem ser usados para fins criminosos, informa conta do X

0
Publicidade

Posts divulgados na rede social X nesta segunda-feira, 24, informam que a cooperativa brasileira Sicoob sofreu um ataque hacker. Segundo as informações divulgadas pela conta HackManac, o ataque ransomware teria sido feito pelo grupo RansomHub, horas depois a empresa confirmou o incidente, mas garantiu que nenhum dado sensível foi comprometido.

Segundo o tweet, a cooperativa US$ 11,2 bilhões em ativos, foi listada como vítima pelo grupo, que teria acessado mais de 1 TB, incluindo:

  • Documentos NDA;
  • Dados pessoais de clientes e funcionários;
  • Dados financeiros;
  • Acessos a vários recursos da empresa;
  • Dados sobre os desenvolvimentos da empresa em vários departamentos e códigos fonte de produtos de TI;
  • Bases de dados;
  • Bancos de dados financeiros fechados Informação.

“Todas as finanças dos clientes deste banco podem ser roubadas a qualquer momento. A administração da empresa está totalmente ciente desse incidente e pode proteger os dados de seus clientes para que não sejam divulgados ao público.”, afirmou o grupo.

De acordo com os prints divulgados na rede social, o banco teria 72h para responder ao grupo, e caso não retorne, o grupo fez as seguintes ameaças:

  • Dados roubados de clientes e parceiros serão disponibilizados publicamente e usados para fins criminosos.
  • Ataques repetidos serão lançados contra várias estruturas bancárias. Nenhuma quantidade de proteção impedirá isso, pois já estamos profundamente dentro da empresa.
  • Venderemos informações valiosas sobre a infraestrutura do banco e forneceremos acesso remoto a partes interessadas.
  • Publicaremos toda a infraestrutura interna do banco com todos os acessos e senhas.
  • Os caixas eletrônicos do banco e o dinheiro dos clientes estarão em risco de hacking e roubo 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Haverá ataques a parceiros aos quais temos acesso através das vulnerabilidades na rede do SICOOB.

Poucas horas após o tweet, o próprio Sicoob confirmou ao CanalTech o ataque, contudo, assegurou que dados sensíveis estão seguros e que já acionou os protocolos de segurança para investigar e conter possíveis ameaças.

“As informações e movimentações financeiras de todas as cooperativas e dos cooperados do Sicoob são processadas em estrutura apartada da afetada pelo incidente e estão com a sua integridade preservada”, disse a organização ao portal, garantindo que as operações seguem funcionando normalmente.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Sair da versão mobile