Publicidade
Início Notícias Negócios Se não adotarem tecnologias de inteligência artificial em três anos, empresas correm...

Se não adotarem tecnologias de inteligência artificial em três anos, empresas correm risco de se tornarem irrelevantes

0
Publicidade

O estudo “Modernização de TI: do crítico à transformação digital” com executivos C-Level no Brasil, realizado pela Vanson Bourne, encomendado pela Avanade e divulgado em maio 2017, confirma esta tendência. Os dados apontam que 100% dos entrevistados concordam que a automação de processos é uma tecnologia chave para atender aos novos requisitos do negócio digital, sendo que 63% são categóricos em concordar com a nova realidade. Ao mesmo tempo, a maioria das organizações entrevistadas espera implantar a automação de processos nos próximos três anos.

Outro dado demonstra a presença iminente da inteligência artificial: a automação de processos utilizando robôs (63%), a automação inteligente (61%) e a automação cognitiva (59%) são as tecnologias de maior demanda por parte das empresas. Já o aumento da produtividade (85%) e a redução de custos (62%) são os dois principais fatores que influenciam as organizações a implementarem a automação dos processos.

Já a pesquisa global “Platô de Produtividade: O que está te afastando?”, também encomendada pela Avanade, ouviu 800 executivos C-Level e tomadores de decisão em TI, e indica que a maioria dos líderes globais, ao contrário do senso comum, acredita que a automação inteligente aumentará a força de trabalho humano ao invés de substituir empregos. De acordo com o estudo, 86% dos líderes empresariais globais creem que sua organização deva implantar a automação inteligente para ser um líder em seu setor e 31% das organizações já estão usando automação inteligente e a previsão é que, até 2020, 67% das empresas adote esta tecnologia.

Os resultados confirmam que a inclusão da automação inteligente será fundamental para as organizações romperem o platô de produtividade e serem mais competitivas. Agora é o momento para os líderes estabelecerem uma visão clara de que IA é o centro do mundo dos negócios e começar a educar equipes sobre o potencial da automação inteligente a fim de impulsionar as capacidades pessoais e profissionais.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile