Furukawa oferece solução de cabeamento voltada para Indústria 4.0

0
97

Com a intensificação do uso de automação e de TI no chão de fábrica – dentro do conceito de indústria 4.0 -, cada vez é mais importante evitar problemas às redes de comunicação instaladas nesses ambientes. Por esse motivo, a Furukawa desenvolveu uma linha de produtos específica para esse tipo de ambientes industriais que exigem o funcionamento de pontos de redes sob condições adversas.

"Os produtos da Solução Industrial Furukawa possuem características técnicas diferenciadas que os torna indicados para aplicações em diversas áreas, como siderurgia, óleo e gás, Metrô, entre outras", afirma a engenheira de Aplicações Mariana Pauli Balan. "A instalação de um cabeamento adequado a esse tipo de ambiente crítico permite eliminar problemas como oxidação, fadiga e vibração, que são causados por poeira, umidade e danos aos contatos, por exemplo, tornando a solução 100% confiável e segura", explica.

Ela destaca que a Solução já está de acordo com os requisitos estabelecidos na nova norma ABNT 16521, publicada recentemente pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) – que trata especificamente de cabeamento estruturado para ambientes industriais. Os produtos dessa linha apresentam, entre outros diferenciais, índice de proteção até o grau IP67, o que significa que oferecem proteção total contra poeira, jatos fortes de água e imersão temporária (até 30 minutos). Os cabos metálicos possuem capas com características destinadas a suportar aplicações em ambientes com alta abrasividade, elevadas temperaturas e presença de óleos e graxas, por exemplo.

Além disso, inclui produtos ópticos – como DIOs, cordões IP67 e outros acessórios – e produtos blindados – como patch panel, patch cords e outros -, recomendados para ambientes sujeitos a interferências eletromagnéticas. "As interferências causadas por máquinas industriais com fontes indutivas, lâmpadas fluorescentes ou fontes com elevadas tensões podem prejudicar a transmissão de dados sobre cabos de cobre. Nesses casos, recomenda-se o uso de produtos ópticos, pois são imunes a interferência eletromagnética, ou produtos blindados, com uma infraestrutura de instalação adequada", explica.

Deixe seu comentário