MasterCard e Syniverse querem reduzir fraudes em cartões através de rastreamento de celulares

0
15

A MasterCard firmou parceria com a fornecedora de soluções de rede Syniverse para reduzir fraudes em transações de cartões de crédito feitas no exterior. Segundo o jornal inglês The Guardian, as empresas desenvolvem um projeto piloto de serviço de opt-in — no qual o usuário tem que dar autorização para que seja incluído em uma base de dados — que permitirá a realização de transações de cartão apenas quando o celular do consumidor estiver conectado a um serviço de geolocalização específico no exterior.

A ideia é certificar que o cartão de crédito está sendo utilizado por seu real proprietário, que é localizado por meio de seu celular, o qual simplesmente precisa estar ligado e com o serviço de segurança ativado. De acordo com Hany Fam, presidente de alianças estratégicas globais da MasterCard, nenhuma das empresas realmente irá rastrear a localização do indivíduo, e sim usar um sistema simbólico semelhante à maneira como os encargos do cartão de crédito são autorizadas quando um usuário insere seu PIN.

"Houve muitas tentativas para ajudar a prevenir a fraude de cartão de crédito, mas esta é a primeira solução que funciona globalmente e sem a necessidade de novos equipamentos ou infraestrutura", declarou Fam ao jornal britânico. "Assim como um telefone celular se conecta a uma rede de telefonia, podemos ver a localização de um usuário dentro de milissegundos, obtendo seus dados diretamente a partir do back-end da rede", acrescentou Joe DiFonzo , diretor de tecnologia da Syniverse.

Deixe seu comentário