Red Hat encerra quarto trimestre fiscal com expansão no lucro e receita

0
0

A Red Hat, fornecedora de software livre e distribuições Linux, divulgou os resultados financeiros do quarto trimestre e do ano fiscal de 2015, encerrado em 28 de fevereiro. O lucro líquido no trimestre foi de US$ 47,7 milhões, cifra cerca de 6% maior que os US$ 45,06 milhões registrados no mesmo período do ano fiscal anterior. A receita da companhia, por sua vez, cresceu 16%, de US$ 400 milhões para US$ 464 milhões na mesma comparação.

A maior fatia da receita foi proveniente de assinaturas, que somou US$ 405,07 milhões, 15% maior que a do mesmo período do exercício fiscal passado, enquanto o segmento de treinamento e serviços arrecadou US$ 58,8 milhões e cresceu 20%, na mesma base comparativa.

Considerando todo o ano fiscal de 2015, a Red Hat obteve lucro líquido de US$ 180,2 milhões, ligeira alta de 1% em relação aos US$ 178,3 milhões apurados no ano fiscal de 2014. Já a receita somou US$ 1,78 bilhão, expansão de 16% comparada a US$ 1,53 bilhão do exercício fiscal anterior.
Os resultados agradaram os investidores. Logo após a divulgação do balanço nesta quarta-feira, as ações da empresa, que encerraram o pregão tradicional em queda de 1,3%, no after-hours trading, negociação após o fechamento da Nasdaq, fecharam em alta de 4,5%, cotadas a US$ 71,53.

Recompra de ações

A Red Hat também anunciou que seu Conselho de Administração autorizou a recompra de até US$ 500 milhões em ações ordinárias da companhia. O novo programa substitui o anterior, programado para expirar em 31 de março, no valor de US$ 300 milhões.

"Ao longo dos últimos quatro anos fiscais, recompramos mais de US$ 1 bilhão ou aproximadamente 19,5 milhões de ações comuns da Red Hat", afirmou Charlie Peters, vice-presidente executivo e CFO da Red Hat.

Deixe seu comentário