Publicidade
Início Newsletter (TI Inside) Receita da Claro aumenta no trimestre, mas prejuízo também

Receita da Claro aumenta no trimestre, mas prejuízo também

0
Publicidade

Além do balanço do grupo mexicano controlador, a Claro Telecom Participações (que representa a Claro, Embratel e Net) também divulgou nesta terça, 25, balanço financeiro referente ao primeiro trimestre do ano. No demonstrativo consolidado, a receita líquida nos três primeiros meses foi de R$ 8,145 bilhões, aumento de 1,4%.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBTIDA) avançou 16,4%, totalizando R$ 2,557 bilhões. A margem EBTIDA aumentou 4 pontos percentuais e ficou em 31,4%. A companhia alega que o desempenho veio com “diversas medidas de melhorias estratégicas e de eficiência operacional”.

O lucro operacional subiu 67% e fechou março com R$ 523 milhões. Com o resultado financeiro e impostos, no entanto, o prejuízo líquido foi de R$ 323,1 milhões, aumento de 7,4%.

Para sanar alguma confusão em relação aos balanço financeiro divulgado pela América Móvil, a Claro explica que as informações prestadas são adequadas às práticas contábeis adotadas no Brasil e seguem o IFRS. Elas não consolidam todas as empresas do grupo no Brasil, mas apenas as integrantes da estrutura societária da companhia. Já os resultados divulgados pela AMX contemplam todos os negócios do grupo mexicano no País, “além de algumas eliminações de efeitos de operações entre companhias do grupo e de certas adaptações pertinentes de práticas contábeis”.

A Claro afirma ainda ter apresentado resultado operacional positivo, com crescimento de 9,8% na base pós-paga do serviço móvel. Na banda larga fixa, com Net e Embratel, totalizou 8,6 milhões de acessos, sendo 1,4 milhão com velocidade acima de 1,4 Mbps. Na TV por assinatura, o grupo destaca 52,6% de market share.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile