Gastos com energia elétrica podem ser reduzidos com ajuda da tecnologia

0
41

O Brasil é um dos sete países que mais consomem energia no mundo, segundo levantamento realizado pelo Banco Mundial em 2017. Com grande demanda, é de se esperar que tenham grandes desperdícios nesse meio, o que infelizmente é verdade.

Segundo pesquisa realizada pela Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia (ABESCO), em dados analisados de 2015 até 2017, cerca de 71 milhões de reais em energia elétrica são desperdiçados no país, e grande parte desse número passa por empresas. Segundo dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o ramo industrial consumiu cerca de 36% da energia de todo o país em 2018.

Segundo levantamento realizado pela Lead Energy, 80% das empresas pagam mais do que o necessário. Essa situação de gastos exacerbados com energia elétrica tem uma solução, e ela passa pela tecnologia. Plataformas digitais surgiram com a intenção de ajudar as empresas a gastarem menos com essa despesa, analisando as suas contas e informando a melhor forma de economizar, conforme o perfil de cada cliente.

"Nosso sistema foi desenvolvido para que a empresa insira sua conta de energia em nossa plataforma, e logo após analisamos e apresentamos em segundos como e quanto ela pode economizar, por meio de soluções sustentáveis e de preferência sem desembolso inicial. Havendo interesse, entramos em contato com o cliente para esclarecimentos das dúvidas. É importante reforçar que não coletamos nome e telefone para realizar a simulação, pois temos a intenção de só entrar em contato se o cliente confiar em nossa proposta", comenta Raphael Ruffato, fundador e CEO da Lead Energy

A solução é oferecida para todas as empresas localizadas em São Paulo que pagam mais do que R5.000,00 por mês e que desejam reduzir custos com energia elétrica. Raphael comenta que dependendo da solução, não é preciso investir em equipamentos para a redução do valor.

"Acontece que por vezes, é necessário apenas um ajuste dos parâmetros contratuais com a distribuidora, onde auxiliamos neste processo, não sendo necessário investimento para reduzir o custo da energia. Quando há a necessidade de desembolso inicial, encaminhamos para nossos parceiros ajudarem na avaliação de alternativas para que a empresa obtenha a economia, e só realizar o pagamento após a redução de custos em sua conta", explica o CEO da Lead Energy.

A procura por redução de gastos, com soluções sustentáveis tem dado resultados. Diante do cenário atual, onde ainda está sendo enfrentado a pandemia do novo coronavírus, e até o momento não se tem uma posição clara de quando irá terminar, as empresas seguem sendo cautelosas e buscando a economia em todos os processos.

"Comparando com o semestre anterior, tivemos um crescimento de mais de 33% de empresas interessadas pela solução da Lead Energy. O momento do mercado é de realizar investimentos pontuais, e economizar o máximo que puder. Até por essa razão, nossa estimativa para 2021 é de faturar 1 milhão de reais", analisa Ruffato.

Deixe seu comentário