Bem-vindo à realidade

0
0

É imperativo nos acostumarmos com a turbulência. Este panorama já não é mais nenhuma novidade. Diante de tudo isso, pouco adianta se lamentar. Devemos trabalhar com o poder da adaptação, mas, sem deixar de buscar o crescimento de nossos negócios. E qual o caminho para esse crescimento?

De início, ponto positivo para as empresas que priorizam sua melhor matéria prima para tomar decisões: uma organização eficaz desde a organização dos dados do negócio ao poder de análise do time decisor.

Toda companhia independentemente do segmento, pode estar sendo mais ou menos afetada pelas "turbulências" atuais. E todas elas contam com um legado "informacional" que pode servir de base para a saída das turbulências, para decisões rápidas e inteligentes, e até para a recuperação do crescimento ou aproveitamento de uma oportunidade. Isto hoje torna-se vantagem competitiva.

Sim, é bem provável que mais cedo ou mais tarde alguma consequência aos fatos atuais de nosso país "colidam" de alguma forma, mesmo que leve, com seus negócios. Seja em perda de clientes, seja em necessidade de contenção, seja em necessidade de expansão (porque não? Oportunidades surgem em tempos de turbulência).

O importante neste sentido é estar ciente de que com o apoio da tecnologia, especialmente a de análise e big data, somado ao poder da "inteligência ampliada" de seus decisores, é possível vencer dificuldades e até alterar os rumos de investimentos, estratégias ou foco de crescimento do seu negócio. Tais pontos, vale salientar, tem acontecido de modo frequente e rápido.

Imagine, por exemplo, que você não tem informações estruturadas ou bem organizadas sobre sua empresa e mercado. Nesta situação, caso sua companhia seja de algum modo afetada pelas adversidades do país, você teria que iniciar do estágio zero um planejamento de dados, painéis e análises para se fortalecer perante uma crise, ou por exemplo encontrar novos nichos para se desenvolver.

Este processo, como se sabe, leva algum tempo, enquanto isso, você poderia perder negócios importantes e ver sua empresa se enfraquecer.

Agora pensemos em dois exemplos baseados na realidade de uma organização cujo o "preparo e cultura analítica" da maioria das áreas de negócio já está desenvolvida de modo corporativo. No primeiro deles, a empresa deve aumentar ou diminuir pessoal por conta de uma crise ou oportunidade decorrente da turbulência. Bem, se o departamento de RH já conta com painéis de análise desenvolvidos, e o que chamamos de analistas capacitados e habilitados para o modelo de "self-service BI", o departamento pode tomar decisões assertivas em um curto espaço de tempo ganhando vantagem sobre seus concorrentes.

Outro simples exemplo, a empresa em questão deseja ocupar novos territórios e efetuar uma análise de retorno para crescimento nestas regiões. Com dados estruturados, e pessoas preparadas analiticamente, a empresa não precisará parar para fazer todo um estudo de mercado, concorrência, definição de público, ROI e etc., os principais passos já foram dados e a empresa ganhou tempo, e novamente vantagem sobre seus concorrentes.

Esta lógica, como se percebe, pode contribuir com todas as áreas de uma companhia. Por isso é tão importante contar com a tecnologia unificada a pessoas, mais especificamente, com uma solução completa de analytics, que permita a empresa tomar decisões rápidas em espaços de tempo reduzidos.

Se você já se conscientizou de que "dados + análise" são fatores realmente importantes para o crescimento do seu negócio, sua empresa está mais preparada para o Brasil e para o mundo. Não desista por causa dos obstáculos, esteja pronto para enfrentá-los.

Leonardo Farah, CEO da Toccato.

Deixe seu comentário