Motorola Solutions e Neurala trabalham juntas para desenvolvimento de câmeras de segurança

0
4

Motorola Solutions Inc anunciou nesta terça-feira,25, que trabalhará em conjunto com a Neurala, empresa especializada em inteligência artificial (IA), para o desenvolvimento de câmeras inteligentes para usuários de segurança pública. O objetivo é equipar os oficiais da polícia com uma ferramenta que lhes permita otimizar a busca de objetos e pessoas, tais como suspeitos ou crianças desaparecidas.

As empresas trabalharão em parceria para integrar a funcionalidade IA da Neurala com as câmeras e o software da Motorola Solutions, incluindo a câmera junto ao corpo Si500. Como resultado, câmeras inteligentes capazes de aprender e buscar automaticamente pessoas ou objetos de interesse, minimizando o tempo e o esforço requeridos para encontrar uma criança desaparecida ou detectar um objeto suspeito em ambientes comumente caóticos ou lotados.

"Vemos na inteligência artificial um grande potencial para ajudar os nossos clientes a melhorarem a segurança e a eficiência, o que, por sua vez, ajudará a criar comunidades mais seguras," disse Paul Steinberg, diretor de Tecnologia da Motorola Solutions. "Mas, aplicar inteligência artificial em ambientes de segurança pública apresenta desafios únicos. A capacidade de aprendizagem da Neurala nos permitirá explorar soluções para múltiplos e variados fluxos de trabalho da segurança pública, como a busca de uma criança desaparecida ou o monitoramento de um objeto, como uma bicicleta, por exemplo."

A capacidade de "aprendizagem ao extremo" da Neurala ajuda a superar alguns dos desafios mais complexos associados à aplicação de inteligência artificial em tempo real. A tecnologia oferece uma alternativa para a longa capacitação requerida pelos motores de IA. Por exemplo, a câmera inteligente "aprende" a identificar o objeto ou a pessoa de interesse. Essa característica, conhecida como aprendizagem incremental, também ajuda a reduzir o risco de "esquecimento catastrófico" que acontece quando uma rede neural esquece seu treinamento anterior. A aprendizagem incremental também contribui para otimizar os níveis de precisão e diminuir latência para aplicativos de inteligência artificial em tempo real voltados à segurança pública.

"A tecnologia da Neurala permite que, uma vez implementados, os aplicativos de inteligência artificial 'aprendam no extremo'", adicionou Steinberg. "Isso pode abrir novos aplicativos para usuários de segurança pública. Imagine o caso do pai de uma criança desaparecida que mostra uma foto da criança a um oficial da polícia que está patrulhando. A câmera portátil do oficial vê a foto, o motor de inteligência artificial "aprende" o aspeto da criança e o transmite às câmeras portáteis dos oficiais mais próximos, criando rapidamente uma equipe de busca daquela criança."

"A tecnologia L-DNN (Lifelong Deep Neural Network) da Neurala elimina o risco do "esquecimento catastrófico", o problema que mais limita o crescimento das redes neurais de aprendizagem profundo para utilização em tempo real. A tecnologia da Neurala resolve o problema instantaneamente, no próprio dispositivo, agilizando o desenvolvimento de novos aplicativos de IA capazes de "aprender no extremo" uma vez implementados," explicou Massimiliano "Max" Versace, CEO da Neurala. "Trabalhamos com a Motorola Solutions para explorar novos aplicativos para segurança pública, alavancando o potencial da IA para um bem maior."

Inicialmente, a Neurala irá trabalhar com a Motorola Solutions para construir um protótipo que permita aprendizado em tempo real para buscas de pessoas. A Motorola Solutions Venture Capital, braço de investimentos estratégicos da empresa, foi um dos principais investidores para o financiamento da Série A da Neurala, anunciado em janeiro.

Deixe seu comentário