França investiga contratos de venda de iPhone com operadoras locais

0
4

A França está observando de perto os contratos da Apple com as operadoras que atuam naquele país. A investigação, aberta pelo Ministério das Finanças francês, provém de acusações mais amplas de operadoras de telefonia móvel da União Europeia, que se queixaram dos contratos abusivos da fabricante para a venda de iPhones. Fontes envolvidas com o assunto relataram ao The Wall Street Journal que o ministério francês está fazendo uma averiguação a respeito dos termos dos contratos entre os principais fornecedores da marca e as operadoras para a venda dos smartphones da Apple.

O órgão antitruste da França, o Autorité de la Concurrence, abriu inquérito contra a Apple alegando que ela se envolveu em concorrência desleal contra revendas de seus equipamentos no país. A autoridade também iniciou uma investigação preliminar das lojas de aplicativos online, tanto da Apple quanto do Google, para verificar se cabe a abertura de um processo antitruste contra uma das empresas em particular ou apenas estabelecer políticas gerais para toda a indústria. Essa investigação ainda está em andamento.

Procurados pelo jornal americano, a Apple, o órgão antitruste francês e o Ministério das Finanças da França se recusaram a comentar o assunto.

Deixe seu comentário