Publicidade
Início Serviços Case Caixa adota solução de ciclo de vida dos dados

Caixa adota solução de ciclo de vida dos dados

0
Publicidade

Em busca de uma solução de alto valor agregado para prover o desenvolvimento dos negócios da instituição e cuidar do ciclo de vida dos dados, a Caixa Econômica Federal adotou a solução da Informatica Corporation, como plataforma na construção de pontes para integrar, qualificar e gerir seus dados de negócio.

Ao adotar a tecnologia para sustentação da infraestrutura de governança de dados, a Caixa projeta crescer 800% nos próximos cinco anos no volume de dados do banco, o que permitirá à instituição estruturar processos para atingir o objetivo de se tornar um dos três maiores bancos brasileiros até 2022.

Para alcançar essas metas, a Caixa passou a ser orientada por dados, com uma solução que trata das informações empresariais como um ativo para respaldar as decisões estratégicas e operacionais. Dessa forma, a empresa consegue trabalhar com mais eficiência, gerenciar melhor os riscos, melhorar o atendimento ao cliente e tomar decisões mais acertadas e rápidas, mantendo os custos baixos.

Antes de implementar a solução, a instituição tinha como desafio aumentar a eficiência operacional e, ao mesmo tempo, potencializar os atuais investimentos em tecnologia e reduzir custos de desenvolvimento, implantação, operação e manutenção. Com a tecnologia, o Banco passa a ser capaz de executar todas as funções de uma só vez, o que proporciona maior agilidade nas entregas de TI.

A escolha pela solução foi determinada pela necessidade interna de agregar, qualificar e gerenciar o ciclo de vida do dado de forma 100% integrada, além de expandir a capacidade de integração e qualificação já definidas e padronizadas para continuar a se recriar a cada dia com a incorporação de funcionalidades inovadoras.

Para a implementação do projeto, foram envolvidas as Funcionalidades para Integração e Qualidade de Dados, Acesso a Dados em Ambientes Mainframe, Arquivamento de Dados, Mascaramento de Dados para Testes e Virtualização de Dados.

A Caixa já era cliente da Informatica Corporation deste 2008, quando adotou a tecnologia de ETL, Data Quality e Gestão de Metadados da Informatica Corporation. Em 2013, houve a expansão do uso da plataforma abrangendo também as tecnologias Data Archiving/Retirement, Data Masking e Data Services, para atender as novas demandas da instituição.

A partir da implantação da Plataforma de Integração e Qualidade de Dados, iniciada em dezembro de 2013, a Caixa pode começar a desenvolver internamente a permanência dos processos de migração, sincronismo, interface, carga de dados, metadados e qualidade de dados, de acordo com os altos padrões corporativos estabelecidos.

A instituição adotou o conceito de “barramento de dados de utilização massiva”, a fim de manter a continuidade de uso dos softwares já em processo. A suíte Informatica Corporation foi responsável por suportar nesta operação a inteligência de negócio da Caixa para grandes volumes de dados. “Com a evolução na plataforma de integração e qualificação de dados, conseguimos iniciar o desenvolvimento ágil dos sistemas necessários, permitindo o uso integral da tecnologia legada, além de assegurar o padrão e cultura já existentes”, afirma Roberto Zambon, CIO da Caixa Econômica Federal.

Com o cruzamento das informações, a Caixa começou a ser orientada por dados, o que torna possível acessar, detectar, limpar, integrar e distribuir informações confiáveis e oportunas à empresa, estendida a qualquer momento, garantindo suporte a todas as funções envolvidas no processo de integração de dados, além de trabalhar simultaneamente com todos os sistemas e processos atuais ou que poderão ser incorporados no futuro.

Antes do início do projeto, o sistema da Caixa possuía um ambiente composto por sistemas de informações autônomos, distribuídos e heterogêneos, que favorecia a utilização de diferentes tecnologias de hardware e software, além de diversos fornecedores no desenvolvimento de sistemas. “Um dos principais benefícios que as soluções da Informatica Corporation proporcionará à CEF é a redução da complexidade e aumento de performance desta malha de tecnologia, levando maior agilidade e simplicidade aos processo da instituição”, destaca Orlando Cintra, country manager da Informatica Corporation no Brasil.

Como resultados e benefícios do projeto, a instituição espera alcançar maior agilidade e assertividade na tomada de decisão de negócio, melhora do desempenho dos aplicativos em uso no Banco, cumprimento das leis de proteção de dados, confiabilidade nos dados do Banco, agilidade no atendimento das demandas de negócio, melhor atendimento e prestação de serviços ao cliente, ganho de market share e melhoria da satisfação do cliente e sua fidelidade.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile