Por que deixar as tarefas repetitivas para os robôs?

1
35

Os seres humanos são inteligentes, intuitivos, criativos. Dotados de capacidade de improvisação, poder de imaginação e a mais nobre de nossas características: senso crítico. Carregamos em nossas cabeças a ferramenta mais complexa e potente do universo.

Nós criamos as máquinas. Os computadores, os robôs, as automações, eles são incansáveis, escaláveis, precisas. Fazem em milésimos de segundos o que nós fazemos em horas. Gastam o mínimo de energia em tarefas que nos deixam exaustos. São eficientes onde cometemos erros. Máquinas são ideais para tarefas repetitivas que não agregam valor.

Humanos são cruciais em decisões complexas. Por isso, a automação é nossa aliada para um mundo menos burocrático e mais eficiente, menos repetitivo e mais criativo, em que líderes usem menos os braços e mais os cérebros de suas equipes.

Vou citar um panorama atual para entender o porquê de deixar as tarefas repetitivas aos robôs. De acordo com uma pesquisa do Banco Mundial, o Brasil gasta mais de 1500 horas para pagamentos de tributos no ano. E por que não deixar para os robôs os processos repetitivos para a emissão e pagamento de tributos?

Por aqui são 5.500 prefeituras e 27 estados, que às vezes não possuem site para que sejam localizadas as informações para o pagamento de impostos. Alguns grupos econômicos fazem o pagamento de guias milionárias, um prejuízo enorme caso tenha erros. Uma pesquisa recente aponta que 17% das empresas pagam multas e juros todos os meses, por erros e falta de pagamento dos dessas guias. Uma perda sem volta.

Então, para auxiliar as empresas a otimizar tempo e ter resultados assertivos, a automação fiscal para o pagamentos de tributos Federais, Estaduais e Municipais, como IPI, PIS, COFINS, GNRE, DIFAL, ICMS, entre outros, o software da Dootax atua com a utilização de Robotic Process Automation (RPA), operando em escala de 24 por 7 e pode ser uma mão na roda para agilizar processos e ter resultados mais assertivos.

Um dado animador é: a automação robótica de processos é uma forte tendência desse movimento de modernização das empresas, como foi apontada pelo estudo Global Industry Vision. Até 2025, a expectativa dos pesquisadores é que 10% das tarefas das empresas usarão essas soluções de automação no dia a dia do trabalho, deixando as tarefas repetitivas e chatas aos robôs e as criativas e estratégicas para os humanos.

Thiago Souza, co-founder e head de marketing da Dootax

RPA – ROBOTIC SUMMIT

A TI INSIDE promove no dia 6 de outubro a 3ª edição do RPA – ROBOTIC SUMMIT, para discutir tendências, novas aplicações e casos de sucesso de uso de robotic process automation (RPA). Mais informações clique aqui 

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário