Soluti lança sua própria tecnologia de identificação facial e entra no mundo da Inteligência Artificial

0
18

A Soluti, a IDTech especialista em Identidade Digital e Assinaturas Eletrônicas, investiu no desenvolvimento da sua própria tecnologia de identificação facial com o uso de Inteligência Artificial. A pesquisa foi realizada pelo laboratório de inovação tecnológica da empresa em parceria com o Instituto Federal de Goiás (IFG). O objetivo principal do desenvolvimento é inserir a Soluti no mundo de Inteligência Artificial.

A tecnologia será incorporada a diversos produtos da companhia. Inicialmente ela estará disponível no processo de emissão de Certificados Digitais, mas existem planos para o lançamento de outros produtos no futuro. De acordo com Alexandre Torres, CIO da Soluti, um dos exemplos é o login sem fricção, ou seja, sem necessidade de digitar senha. "A funcionalidade vai permitir aos usuários logarem aos softwares e aplicativos de forma prática, podendo acessar as plataformas somente ao olhar para a câmera.  Alguns clientes da área médica já encomendaram o serviço", explicou. Outro produto previsto para lançamento é a identificação de assinatura de documentos digitais.

A iniciativa da Soluti de desenvolver sua própria tecnologia de reconhecimento facial é uma estratégia de posicionamento de mercado. "É muito comum que as empresas contratem os serviços de terceiros, como Google ou Amazon. A Soluti, pelo contrário, optou por desenvolver toda a sua pesquisa para reforçar seu posicionamento como uma ID Tech. Faz parte da nossa estratégia ter o domínio sobre todo o ciclo de vida da identidade digital", afirmou Torres.

Ao entrar no mundo da inteligência artificial, a empresa poderá ampliar sua oferta de produtos, com uso da nova tecnologia e reduzir custos internos. "Nós pretendemos explorar bastante o mundo de Inteligência Artificial. O nosso foco é voltado para o atendimento às necessidades das empresas, mas também poderemos desenvolver soluções voltadas para pessoas físicas. Com uma tecnologia própria, ampliamos as possibilidades de criação e reduzimos custos com produção e desenvolvimento", finalizou.

Deixe seu comentário