Linx adquire LZT e ativos da Ionics por R$ 42,4 milhões

0
0

 A Linx, fabricante brasileira de software para o setor varejista, deu mais um passo para reforçar a atuação na vertical de postos de combustíveis e lojas de conveniência ao realizar um investimentode R$ 42,4 milhões em duas empresas do setor com sede em Santa Catarina. A estratégia é aproveitar o crescimento do consumo pela chamada nova classe média e a expansão gerada pelo aumento nas vendas de veículos no país.

Uma das empresas adquiridas é a LZT, por R$ 30,4 milhões, sendo que R$ 25 milhões serão pagos à vista e os R$ 5,4 milhões restantes estarão sujeitos ao atingimento de determinadas metas financeiras e operacionais em 2014 e 2015. A empresa também comprou os ativos da Ionics, por R$ 12 milhões, os quais compreendem o software SSG Premium — sistema de gestão para postos de combustível e lojas de conveniência, a carteira de clientes e a rede de representantes comerciais e técnicos da empresa. O valor total da aquisição será pago em uma parcela à vista de R$ 10,2 milhões e o saldo de R$ 1,8 milhão, em parcelas fixas até 2018.

Localizada em Blumenau, a LZT tem mais de 11 anos de experiência no desenvolvimento de software e consultoria na área de automação comercial e gestão empresarial para postos de combustíveis. Já a Ionics, localizada em Florianópolis, tem 27 anos de atuação no mercado e é pioneira no setor de automação e gerenciamento do abastecimento em postos de combustível.

 "Trata-se de dois investimentos importantes, reforçando a presença da Linx na vertical de postos de combustíveis e lojas de conveniência, em linha com a estratégia que sempre utilizamos em aquisições", ressaltou Alberto Menache, diretor presidente da Linx.

A Linx informou ainda que dos R$ 528 milhões levantados em sua estreia na BM&FBovespa, no início do ano, 80% serão destinados à compra de empresas que agreguem valor e complementem o portfólio de produtos e serviços que ela oferece ao varejo.

 

Deixe seu comentário