Google desembolsa US$ 1,31 bilhão em aquisições no primeiro semestre

0
21

O Google gastou US$ 1,31 bilhão em 16 aquisições somente no primeiro semestre deste ano, sendo US$ 966 milhões provenientes da compra do aplicativo de trânsito Waze, transação estimada em mais de US$ 1 bilhão por analistas do mercado.

Uma semana após a divulgação de seus resultados financeiros, o gigante das buscas protocolou documento na Securities and Exchange Commission (SEC) com detalhes sobre seu desempenho nos seis primeiros meses do ano. A companhia diz que, além da Waze, incorporou outras 15 empresas e comprou ativos intangíveis por aproximadamente US$ 344 milhões. "Estas aquisições geralmente aumentam a amplitude e profundidade de nosso expertise em engenharia e outras áreas funcionais, nossas tecnologias e a oferta de produtos", diz o comunicado.

A companhia também informou que a descontinuação do negócio da Motorola Home, que foi vendida para a empresa de telecomunicações Arris, contabilizou aproximadamente US$ 2,23 milhões em dinheiro, além de mais US$ 150 milhões a serem recebidos com os ajustes pós-fechamento dos negócios e US$ 175 milhões em cerca de 10,6 milhões de ações da Arris, o que equivale a aproximadamente 7,8% dos papéis da empresa. Com o negócio, o Google indenizou a Arris em determinado litígio de violações de propriedade intelectual no valor de US$ 175 milhões, reiterando que a venda da unidade resultou em um ganho líquido de US$ 747 milhões.

Reestruturação

Após a compra da Motorola Mobility, a empresa realizou uma reestruturação, que resultou inclusive em demissões de funcionários e na venda da divisão de Home para a Arris. No ano passado, a empresa anunciou um corte de 4 mil empregados do quadro de funcionários. No documento, a companhia diz que a reestruturação na unidade computou despesas cumulativas de cerca de US$ 839 milhões, sem revelar o total de empregados demitidos.

Deixe seu comentário