Twitter volta a registrar prejuízo e aumento do número de usuários de apenas 1% no segundo trimestre

0
0

O retorno no ano passado de Jack Dorsey ao comando do Twitter trouxe a esperança de que ele pudesse reerguer a empresa da qual ele foi um dos fundadores. Mas, apesar de toda a sua experiência, a empresa ainda sofre com encolhendo da receita e a dificuldade de aumentar o número de usuários.

Os resultados financeiros do segundo trimestre divulgados nesta terça-feira, 26, comprovam isso. Apesar de a receita ter subido 20%, para US$ 602 milhões, o Twitter voltou a registrar prejuízo, de US$ 107,2 milhões. A empresa de mídia social ainda alertou que a demanda de anunciantes, sua principal fonte de receita, foi menor do que o esperado, prejudicando suas perspectivas para o terceiro trimestre.

O crescimento de usuários do Twitter continua a mostrar pequenos sinais de recuperação. A empresa adicionou 3 milhões de novos usuários no período de abril a junho, um aumento de apenas 1% em relação ao trimestre anterior, o que totaliza 313 milhões de usuários que fazem login pelo menos uma vez por mês na rede de microbloging.

O Twitter adicionou apenas 9 milhões de usuários globalmente e somente 1 milhão de usuários nos EUA desde o retorno de Dorsey em julho de 2015. A título de comparação, o Facebook adicionou mais de 164 milhões de usuários mensais durante o mesmo período.

Em uma carta aos acionistas, o Twitter reconheceu que está perdendo o seu brilho para outras ofertas de publicidade de mídia social. A empresa alega que há "um aumento da concorrência na disputa dos orçamentos de marketing social" e que seus preços premium estão prejudicando o seu desempenho.

Deixe seu comentário