Supercomputador da Petrobras conta com 2 mil GPUs Nvidia V100

0
67

O novo supercomputador da Petrobras conta com o poder de 2 mil GPUs Nvidia V100. Toda a potência vai servir para aprimorar e otimizar o processamento de dados geofísicos da estatal, que utiliza algoritmos próprios para processar estas informações. Chamado de Dragão, a supermáquina foi montada pela Atos, uma empresa especializada em projetos de TI.

O novo computador auxilia com cálculos matemáticos para a geração de imagens. Com imagens da subsuperfície, com maior resolução em áreas de interesse para exploração de petróleo e gás natural, o Dragão contribuirá para reduzir o impacto financeiro, o risco ambiental e o tempo de exploração.

A máquina pesa 20 toneladas, foi entregue e montada pela Atos em cerca de três meses. Depois, o supercomputador ainda precisou passar por um período de teste. Instalado em fileiras de oito a nove blocos, o Dragão totaliza 34 metros de extensão. De acordo com a Atos, o Dragão é o maior supercomputador brasileiro e um dos 50 maiores do mundo.

Deixe seu comentário