Publicidade
Início Newsletter (TI Inside) Presidente global da Qualcomm ganha título de Doutor Honoris Causa da Unicamp

Presidente global da Qualcomm ganha título de Doutor Honoris Causa da Unicamp

0
Publicidade

O presidente da Qualcomm, Cristiano Amon, recebeu nesta segunda-feira 25, o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A honraria é concedida à personalidades que tenham trazido contribuições excepcionais para a sociedade. O trâmite para conceder o título a Amon foi aprovado pelo Conselho Universitário da Unicamp ainda em setembro e de forma unânime.

Os participantes levaram em conta os feitos de Amon em sua carreira e, principalmente, o período à frente da Qualcomm, que começou em 2018. Na liderança da fabricante norte-americana de semicondutores, a Unicamp ressaltou a criação do Snapdragon SiP 1, desenvolvido no Brasil em parceria com o Governo Federal, a fundação de um centro de Internet das Coisas na Faculdade de Engenharia de Sorocaba (Facens) e os planos de instalação de uma fábrica na região de Campinas.

De acordo com o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, o executivo representa o que as universidades públicas fazem de melhor: formar excelentes profissionais que colaboram, por meio de seu trabalho, para o avanço de diversas áreas da sociedade. Cristiano Amon se formou no curso de Engenharia Elétrica da Unicamp em 1992.

“Amon lidera de forma exemplar uma das maiores empresas do mundo na área de tecnologia”, afirmou. “Temos muito orgulho de ter contribuído de maneira relevante para a sua formação, e a convicção de que este reconhecimento é mais do que merecido”, completou.

Na cerimônia para receber o título, Amon agradeceu ao pais pela oportunidade de estudar; à sua esposa, por aceitar suas “loucuras e planos”; e aos filhos, por compreenderem o tempo que o pai se dedica ao trabalho. “É uma grande honra receber este título. A Unicamp me ensinou a pensar. Humildemente, aceito a honra de fazer parte do rol que receberam esta honraria”, disse Amon, emocionado.

Amon passa a figurar em uma lista com nomes fortes de diversas áreas que receberam o mesmo título. O economista Celso Furtado, o humanista Dom Paulo Evaristo Arns, o arquiteto Oscar Niemeyer são alguns exemplos. Nos últimos 48 anos, apenas 28 pessoas receberam o título.

Carreira:

1993-1995 – Na NEC, trabalhou na engenharia de implantação das primeiras redes celulares do Brasil no Rio e São Paulo. Participou do desenvolvimento da primeira proposta de CDMA da empresa, vitoriosa em ambos editais.

1996-1999 – Na Qualcomm, orientou o processo de padronização e comercialização de CDMA no Brasil, Argentina, Chile, Bolívia, Colômbia e Venezuela;

1999-2000 – Na Ericsson, trabalhou na divisão de infraestrutura CDMA da empresa;

2000-2003 – Como CTO da Vésper, foi fundamental para o turn-around da companhia implementando estratégias inovadoras de uso de tecnologia para racionalização de custos e criação de novos serviços. Responsável pelo primeiro lançamento de 3G EVDO na América Latina.

2004-2011 – De volta aos EUA, liderou a área de CDMA da Qualcomm no mundo. Em seguida, se tornou responsável por toda a linha de produtos da Qualcomm para 3G e processadores móveis, assim como a transição para o 4G LTE. Focou em buscar sempre o nível máximo de inovação e qualidade de produto, ajudando a colocar a empresa como líder absoluta de mercado no mundo.

2012-2017 Como co-presidente e depois presidente de toda a área de produto da Qualcomm, QCT, foi responsável por conquistar o maior e mais complexo mercado de telefonia celular: a China. Também expandiu os negócios da empresa nos setores automotivo, IoT, redes, RFFE, biométricos, computadores e inteligência artificial.

2018-2019 Tornou-se presidente mundial da Qualcomm em janeiro de 2018, sendo o primeiro não norte-americano a ocupar o cargo. Embarcou pessoalmente em uma campanha mundial para criar os primeiros chips da quinta geração de celular. Fomentou um movimento junto às operadoras e aos fabricantes mundiais para antecipar em um ano a introdução do 5G, a quinta geração de telefonia celular, que já está presente comercialmente nos EUA, Coréia, China, Europa e Austrália.

2017-2019 – Membro do Conselho Digital do Banco Itaú, focado na estratégia tecnológica do banco

2018 – Participou do Conselho para a criação do Plano Nacional de IoT do Brasil

2019- Foi eleito Co-Chairman do grupo de IoT do World Economic Forum

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile