Operadoras esperam que 5G melhore serviços existentes e amplie fluxo de receita

0
0

Produzido pela Nokia em parceira com a consultoria britânica de telecomunicações Analysys Mason, o Índice de Maturidade em 5G revelou que dois terços das operadoras esperam que as novas redes criem mais fluxos de receita, ao mesmo tempo em que mais de 70% estão focadas em 5G para melhorar os serviços já existentes.

O índice fornece às telcos as melhores práticas para planejar e implantar serviços das novas redes. A pesquisa também descobriu que as operadores mais avançadas na transformação para o 5G estão focadas em seis, até oito, casos de uso.

Descobertas principais do Índice de maturidade em 5G da Nokia:

• Casos de uso de 5G mais populares mencionados pelas operadoras: conectividade móvel multi-gigabit, carros conectados e veículos autônomos, experiências táteis de internet (realidades aumentada e virtual, por exemplo), monitoramento crítico de saúde, aplicativos para cidades inteligentes (iluminação, serviços domésticos inteligentes, dentre outros)

• Maior parte das operadoras planeja lançamento comercial limitado de serviços 5G entre 2019-20

• Operadoras que planejam antecipar lançamentos comerciais de 5G estão mais à frente nos quesitos de virtualização de redes e em implantações baseadas em nuvem

• Operadoras classificadas dentre as mais avançadas são as que conseguem estreito alinhamento entre desenvolvimento de tecnologia e negócios, além de vincularem a transformação digital ao uso de 5G.

Deixe seu comentário