Yahoo oferece desconto de 20% ao Alibaba para vender participação no portal chinês

0
0

O Yahoo fez uma oferta para o Alibaba para vender sua participação de 15% no portal chinês que pode ser considerado um verdadeiro negócio da China. De acordo com o analista do Morgan Stanley, Brian Nowak, a empresa americana de internet oferece um desconto de 20% na venda da participação, considerando os níveis atuais de suas ações, ou 21 vezes [estimativa de 2016] o EPS [lucro por ação, na sigla em inglês].

Nowak fez recomendação para as ações do Yahoo no nível "buy" (comprar), com preço-alvo das ações em US$ 55, segundo o Seeking Alpha, site especializado no mercado financeiro. Ele avalia que o lucro do Alibaba deve registrar crescimento de 37% em 2016, ante apenas 9% neste ano — devido a pressões das margens no curto prazo causadas ??por gastos agressivos do site chinês. Com base nisso, o Morgan Stanley reduziu o preço-alvo das ações do Alibaba para US$ 102,30.

O valor da ação da participação que o Yahoo tem no Alibaba, que deverá ser vendida neste ano, livre de impostos, foi projetado pelo banco em US$ 38. Se fosse tomado como base o valor de fechamento das ações do Alibaba nesta sexta-feira, 27, de US$ 84,58, o preço ficaria em algo próximo a US$ 31,40 a ação.

Graças a um anúncio de recompra de ações feito na quinta-feira, 26, pelo Yahoo, os papéis da empresa subiram 1,4% nesta sexta-feira, para US$ 45,10. Após o encerramento do pregão, o Yahoo divulgou que estendeu o prazo de renegociação do acordo que mantém com a Microsoft no segmento de buscas por mais 30 dias.

O acordo, que vai até 2020, dá ao Yahoo o direito de rescindir se, entre outras coisas, sua receita com buscas (RPS) em 12 meses cair abaixo de uma estimativa de percentual de RPS obtida pelo Google em 12 meses (excluindo buscas móveis).

Deixe seu comentário