Análise: Operadoras de telecomunicações vão perder US$ 25 bilhões em receitas de roaming nos próximos 9 meses

0
0

Uma nova análise da Juniper Research descobriu que o impacto da Coronavirus na indústria de viagens internacionais poderia custar operadores mais de US$ 25 bilhões em receita perdida durante os próximos 9 meses.

A Juniper Research examinou dois cenários possíveis: um impacto médio e alto, acreditando que um impacto baixo agora não é possível. O cenário de alto impacto pressupõe que uma interrupção grave nas viagens internacionais continuará por 9 meses, com restrições de viagens e uma demanda reduzida por viagens internacionais. Nesse caso, o impacto resultante nas receitas de roaming internacional das operadoras seria significativo.

No cenário de alto impacto, a Juniper Research acredita que mais de 650 milhões de viagens de passageiros serão canceladas devido ao Coronavírus nos próximos 9 meses. Isso representa mais de 80% das viagens internacionais previstas para os passageiros, previstas anteriormente antes da propagação do vírus.

A pesquisa pressupõe que mais da metade de toda a receita de roaming do ano será afetada, totalizando US$ 25 bilhões em perda de receita. A pesquisa também destacou o período entre junho e agosto como de particular importância quando a demanda por viagens internacionais é alta. Ela prevê que as operadoras poderiam perder até US$ 12 bilhões apenas em receita de roaming nesses três meses.

Em termos de impacto geral sobre as operadoras, deve-se notar, no entanto, que a receita global de roaming representa apenas aproximadamente 6% da receita total faturada por operadora por ano, limitando o impacto sobre o setor.

Sem estratégias de mitigação

Dada a natureza do setor internacional de viagens, a pesquisa antecipou que não haverá estratégias disponíveis para as operadoras reduzirem essa perda. Ele previa que serviços, como conferências virtuais, oferecerão às empresas uma alternativa para viagens internacionais, mas não oferecerão nenhum benefício para as operadoras.

Além disso, a pesquisa destacou que é improvável que as viagens canceladas devido à disseminação do Coronavírus sejam remarcadas. Como resultado, é improvável que essa perda de receita de roaming seja recuperada quando o setor de viagens internacional retomar o serviço normal.

Deixe seu comentário