Eurofarma Synapsis faz parceria com a Endeavor para programa de aceleração Scale-up B2B

0
0

A Eurofarma anuncia a abertura das inscrições do Scale-up Endeavor B2B, que vão até 30 de abril. A empresa é uma das principais patrocinadoras do programa, liderado pela Endeavor, organização global de apoio a empreendedores. Nesta terceira edição, desta vez voltada a empreendedores que ofereçam soluções enterprise, busca-se formar uma rede de negócios de alto impacto, com soluções escaláveis e eficientes para diversos setores.

A seleção busca de 10 a 15 scale-ups, que tenham soluções (serviços ou produtos) com base tecnológica, dos seguintes setores: HR Techs, Supply Chain, Indústria 4.0, Cyber Security, MarTechs & SalesTech, Automação de Gestão e Processos, Retail Techs, Legal Techs, Financial Services e Sustentabilidade.

Durante os meses do programa, previsto para durar até outubro, os empreendedores selecionados receberão mentorias individuais e coletivas com a rede da Endeavor e da Eurofarma, com assuntos focadas no diagnóstico dos principais desafios de crescimento de uma empresa.

"A Eurofarma se posiciona como uma companhia inovadora, sustentável e parceira do empreendedor. Somente em 2020 pretendemos investir mais de R$ 330 milhões em Pesquisa & Desenvolvimento, o que nos torna a farmacêutica brasileira com maior investimento em inovação", comenta Maria del Pilar Muñoz, vice-presidente de Sustentabilidade e Novos Negócios. "Com foco nesse propósito, criamos há três anos o programa Synapsis, que nos trouxe expertise e que contribuiu para o negócio da companhia. Em 2020, entramos como apoiadores em um projeto maior junto à Endeavor em busca de empreendedores que nos ajude a nos tornar ainda mais competitivos", completa.

"No programa Scale-Up B2B temos o objetivo de conectar a Eurofarma com as scale-ups que vão trazer mais eficiência e redução de custos para seus processos. Enquanto estamos acelerando e apoiando empreendedores em um momento tão difícil como o atual, em meio a pandemia, também conectamos as duas pontas – empreendedores com a grande corporação – garantindo a geração de negócios", diz Ilana Nasser, diretora de Engajamento de Rede. "Enxergamos que, iniciativas como essa, de open innovation, auxilia as corporações a serem mais eficientes e, também, facilita o acesso a mercado e clientes para as scale-ups continuarem crescendo", complementa.

Deixe seu comentário