L'Oréal anuncia novo Fundo de Inovação Circular para escalar soluções inovadoras disruptivas

0

Reconhecendo a pressão crescente de recursos naturais e a necessidade de escalar soluções de economia circular, a L'Oréal anuncia a criação do Fundo de Inovação Circular. Como investidor âncora, a empresa está contribuindo com 50 milhões de euros para este fundo de 150 milhões de euros, como parte do programa de sustentabilidade L'Oréal Para o Futuro.

Operado por Demeter e Cycle Capital, empresas pioneiras e líderes de gestão de capital com foco em tecnologia limpa, o Fundo também irá se beneficiar de uma ampla gama de investidores, incluindo o investidor estratégico Axens, escritórios familiares como Haltra and Claridge, assim como investidores privados e os gerentes.

O Fundo de Inovação Circular irá apoiar startups e companhias na América do Norte, Europa e Ásia, que estão desenvolvendo o uso circular de recursos em diferentes setores, incluindo novos materiais da bioeconomia, soluções circulares de empacotamento, reciclagem e lixo, logística e processos eco eficientes.

Como um fundo de investimento de impacto o Fundo Circular de Inovação utiliza uma robusta, confiável e inovadora metodologia de mensuração do impacto, que abrange a diligência devida e monitoramento contínuo de KPIs não financeiros críticos, incluindo reduções de emissões de gases de efeito estufa, uso de recursos e diversidade ao longo dos horizontes de investimento das empresas do portfólio.

Projetos apoiados pelo Fundo de Inovação Circular têm como exemplo empresas como a startup de moda circular For Days, um serviço que inicia uma revolução circular ao reciclar roupas velhas dos consumidores com o Take Back Bag e oferecer um catálogo robusto de roupas 100% circulares, recicláveis e eco desenhadas. Um segundo projeto, Aphea.Bio, cuja missão é "Natureza Aplicada para uma Melhor Agricultura" desenvolve novos e superiores biológicos agrícolas para reduzir ou substituir a aplicação de produtos químicos.

Atualização sobre o Fundo para Regeneração da Natureza da L'Oréal

O primeiro fundo de investimento de impacto de 50 milhões de euros da L'Oréal, o Fundo para Regeneração da Natureza foi lançado em junho de 2020. A iniciativa foi realizada em parceria com a Mirova, uma gestora de ativos pioneira em investimento de capital natural. Ela se envolve na fase de semente para catalisar modelos financeiros inovadores e escaláveis baseados em créditos de carbono e outras formas de criar valor a partir de serviços ecossistêmicos. O Fundo incluirá projetos que apoiam a restauração de florestas, manguezais, áreas marinhas e terras degradadas.

Ano passado a L'Oréal começou seu primeiro projeto no Reino Unido, o investimento em Real Wild Estates Company (RWEC). O objetivo é restaurar até 50 mil hectares de paisagens degradadas no Reino Unido e mais amplamente na Europa.

Este ano o Grupo está investindo em Rize, uma startup francesa de tecnologia criada em 2020 como parte do Station F "Future 40" ranking. Sua missão é acelerar a transição na agricultura de baixo carbono por meio da facilitação do acesso de financiamento de carbono a fazendeiros. Rize desenvolveu uma solução digital completa e única para apoiar os fazendeiros da fase do diagnóstico da sua fazenda até o marketing dos créditos de carbono, incluindo assistência técnica para aprimorar práticas e monitorar o impacto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui