Vendas de PCs registram queda de 10% no primeiro trimestre no Brasil

0
0

As vendas de computadores no Brasil tiveram queda de 10% no primeiro trimestre na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados da IDC. O levantamento indica que o declínio foi mais acentuado na comercialização de PCs de mesa (desktops), com 11% de queda, enquanto a de notebooks foi 9% menor. Mundialmente, a queda nas vendas de PCs foi de 13% na comparação com o primeiro trimestre de 2012.

Do total de 3,4 milhões de unidades comercializadas no Brasil no período, 2,2 milhões de equipamentos foram destinados ao uso doméstico, segmento que apresentou queda de 12% nas vendas, enquanto 1,1 milhão foi para uso corporativo, mercado que também registrou recuo, de 6%.

De acordo com a IDC, o aumento nos preços dos computadores foi um dos diversos fatores que contribuíram para a queda nas vendas de desktops e notebooks. "Com o aumento do dólar, componentes como memória e disco rígido (HD) aumentaram de preço dos computadores. Além disso, as novas especificações técnicas como tela sensível ao toque, dispositivos ultrafinos, conversíveis e híbridos, tendem a exigir componentes mais sofisticados e com um custo mais elevado, impactando no custo final do computador", destacou o analista da IDC Brasil, Pedro Hagge.

Na evolução mensal, o mercado brasileiro de computadores voltou a cair em abril, após boa recuperação em março, encerrando o mês com um total de 1,1 milhões de unidades comercializadas. Isso representa queda de 24% em relação a março e declínio de 14,5% em relação ao mesmo período do ano anterior.  Para o fechamento do ano, a consultoria espera retração de 8% no mercado de brasileiro de PCs.

Deixe seu comentário