Publicidade
Início Newsletter (TI Inside) Salesforce entra na disputa pelo mercado global de serviços de nuvem para...

Salesforce entra na disputa pelo mercado global de serviços de nuvem para comércio eletrônico

0
Publicidade

A Salesforce.com lançou nesta terça-feira, 27, um serviço de comércio eletrônico. Batizado de Salesforce Commerce Cloud, o objetivo do novo serviço, segundo a fornecedora de soluções de gestão de relacionamento com o cliente (CRM) em nuvem, é ajudar os clientes a criarem vitrines de lojas online e lojas para tablets e quiosques.

O novo serviço é fruto da aquisição, em junho passado, da fabricante de software Demandware, que desenvolve programas usados em sites de comércio eletrônico, por US$ 2,8 bilhões. A Demandware é focada principalmente em sites de varejistas e marcas que querem vender direto aos consumidores. Ela contava com mais de 350 clientes, varejistas principalmente, antes de ser adquirida pela Salesforce.

O Salesforce Commerce Cloud deve enfrentar forte concorrência da Oracle, SAP e IBM, que possuem um vasto portfólio de ofertas de comércio digital, de acordo com o instituto de pesquisa Gartner. Muitas grandes empresas têm adquirido software de e-commerce on-premises (compra de licenças) e hardware desses fornecedores. A vantagem do Salesforce Commerce Cloud, no entanto, é que ele funciona apenas como um serviço online, na nuvem.

A Salesforce, que diz ter mais de 100 mil clientes, avalia que o novo serviço vai impulsionar seu crescimento. “Mas, para o Salesforce Commerce Cloud ajudar a empresa a cumprir esse objetivo, ela terá de adaptar o software da Demandware para a realização de transações de vendas entre empresas (B2B)”, ressaltou Gene Alvarez, vice-presidente executivo da Gartner, em entrevista ao The Wall Street Journal. Por exemplo, o novo serviço terá de vincular o procurement corporativo com o sistema de pedidos de compras, disse ele. “E ele ainda não tem esses recursos.” “Além disso, a Salesforce terá de convencer alguns clientes potenciais a descartar os sistemas que já compraram”, acrescentou Alvarez.

A IDC prevê que o mercado mundial de software comércio digital deve crescer de US $ 3,8 bilhões neste ano para US$ 5 bilhões em 2018. Em 2020, o mercado de comércio digital B2B nos EUA deve chegar a US$ 1,1 trilhão, ante US$ 780 bilhões em 2015, o que, se confirmado, representará uma taxa de crescimento médio anual composto (CAGR) de 7,7%, de acordo com a Forrester Research.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário Cancelar resposta

Sair da versão mobile