70% das empresas brasileiras de construção planejam usar tecnologia BIM em até dois anos

0
65
 
De acordo com o Mapeamento de Maturidade BIM Brasil, realizado pela Sienge, fornecedora de solução para construção civil, em parceria com Grant Thornton, 70% das empresas de construção brasileiras pretende adotar a metodologia BIM nos próximos dois anos. Atualmente, 38,4% das empresas participantes do estudo já utilizam o BIM, principalmente, nas regiões Sul e Sudeste do País. O levantamento também contou com o apoio da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial) e Sinduscon/CE.

A sigla BIM vem do conjunto de palavras em inglês que significa "Building Information Modeling" e é a base da metodologia que envolve o processo de modelagem tridimensional durante o ciclo de vida de uma edificação. A metodologia gerencia todas as informações de um projeto em um único modelo virtual no qual todos os agentes são envolvidos de forma colaborativa. A metodologia BIM será obrigatória para obras públicas no Brasil a partir de janeiro de 2021, conforme decreto nº 9.983/2019. 

A pesquisa foi realizada com 643 empresas e profissionais autônomos da construção civil. Dentre as empresas pesquisadas que já adotaram a metodologia em algum nível, mais de 60% estão procurando estabelecer princípios, estruturas e objetivos com um desenvolvimento flexível para se adaptar às mudanças que estão por vir. 

Adicionalmente, segundo os dados apurados, quase 40% do universo de Empresas e Profissionais que participaram do Mapeamento BIM Brasil, já tem implementada a Metodologia BIM em alguns setores. Pouco mais da metade (53,5%) das empresas que declaram não adotar a metodologia são companhias com menos de um ano de idade até 15 anos de operação. 

O Mapeamento de Maturidade BIM Brasil foi realizado entre junho e setembro de 2020, com o objetivo de identificar a adoção da Metodologia BIM em todo o Brasil, com um foco especial à Cadeia da Indústria da Construção. 

Deixe seu comentário