Edtechs e ONGs se unem para disponibilizar conteúdo gratuito de estudo para crianças e adultos na quarentena

0
0

Para ajudar a reduzir o impacto negativo na educação e suportar jovens, pais e professores a manterem uma rotina de estudos durante o período de distanciamento social, a Fundaçã1Bi, apoiada pelo GrupMovile, iniciou um movimento que reúne ONGs e Edtechs: JuntonEducação. A proposta que é que todos cedam, de forma gratuita, parte de seus produtos ou serviços durante esse período de quarentena.

Dentre as ferramentas liberadas estão: um bot que ajuda alunos do 6º ao 9º ano a estudarem pelo WhatsApp, ebooks, professores para tirarem dúvidas online, plataforma de estudos de redação, entre outros conteúdos.

"Acreditamos que as empresas, em especial as de tecnologia, têm um papel muito importante a cumprir nesse momento, e como sabemos que juntos somos mais fortes, tivemos a ideia de nos unirmos para alcançar o maior número possível de estudantes e professores durante a suspensão das aulas presenciais", afirma Matheus Fonseca, Diretor geral da Fundação 1Bi.

A ideia é incentivar a continuidade dos estudos e fornecer ferramentas para ajudar nesse processo, em um momento atípico em que temos mais de 29 mil escolas com aulas suspensas e cerca de 15 milhões de alunos brasileiros que estão ficando em casa em distanciamento social. "Entendemos que o problema é muito grande, além da quebra na sequência de estudo, enfrentaremos um grande risco de uma enorme evasão escolar ao final do distanciamento social. Não poderíamos ficar parados. Queremos levar essas soluções para o maior número possível de pessoas que estão sendo afetadas", completa Matheus

As organizações participantes são:
• Fundaçã1Bi: instituição social que trabalha com tecnologia para gerar oportunidades. Em parceria com a FundaçãLemandesenvolveu uma ferramenta de estudo por whatsapp para jovens do 6º ao 9º ano, o AprendiZa6º9º ano, que será atualizado semanalmente com conteúdo criado por professores parceiros, seguindo a Base Nacional Comum Curricular;
• Skeelo: plataforma de leitura em que o usuário tem acesso a livros best-sellers de grande relevância, que são cuidadosamente escolhidos por um time de curadoria. Para o movimento, cederá ebooks gratuitos sobre o COVID-19 e alguns literários;
• Árvordlivros: plataforma de leitura digital que visa desenvolver habilidades leitoras e senso crítico dos estudantes. Na versão gratuita, escolas, professores e alunos terão acesso a um acervo especial para ler em casa no tablet, no computador ou celular.
• PlayKids: uma das líderes globais em conteúdo educativo para crianças, a PlayKids oferece gratuidade de 30 dias na plataforma (aplicativo ou web) com diversas atividades para toda a família, entre elas vídeos, jogos e livros, que desenvolvem competências cognitivas, inter e intrapessoais, além de conteúdos sobre cuidados com a saúde, para crianças e pais.
• TutorMundi: plataforma de aulas particulares, oferece uma versão gratuita do produto para todas as escolas do Brasil, que possibilita que professores e monitores da escola auxiliem e tirem dúvidas dos seus alunos remotamente.
• RedaçãOnline: startup de educação focada no ensino de redação, cederá uma versão gratuita da plataforma de videoaulas e mais de 300 temas e textos motivadores de redação para que alunos de todo o Brasil possam aperfeiçoar a sua leitura, escrita e interpretação.
• SincronizEducação: instituição criada para ajudar secretarias de educação e organizações a implementar produtos que necessitem de gestão de projetos e formação de professores em escala, vai oferecer mentorias gratuitas para apoiar educadores na transição do ensino presencial para ensino online
• ISMART: entidade privada, sem fins lucrativos, que identifica jovens talentos de baixa renda, de 12 a 15 anos de idade, e lhes concede bolsas em escolas particulares e acesso a programas de desenvolvimento e orientação profissional, do ensino fundamental à universidade. A plataforma oferece seus módulos de Português e Matemática abertos gratuitamente, até 30 de junho, para estudantes do 8º ano do Ensino Fundamental até o 3º ano do Ensino Médio.
• ClassApp: aplicativo de comunicação escolar que conecta instituições de ensino, pais e alunos. Através do app, as escolas podem compartilhar tanto comunicados gerais, como mensagens específicas de cada aluno ou turma e enviá-los diretamente aos pais, estudantes, professores ou equipe.

O movimento é um convite para toda e qualquer instituição ou empresa que queira ceder seu produto ou solução gratuitamente. Basta acessasite declarar interesse.

Deixe seu comentário