Spotify inicia oficialmente operações no Brasil

0
36

A rede de streaming de música Spotify anunciou oficialmente nesta quarta-feira, 28, o início de suas operações no Brasil, o 57º país a ser inserido em sua rede global, desde que foi fundada na Suécia em 2008, mercado onde detém um market share próximo dos 70% dos assinantes. Globalmente ela contabiliza 40 milhões de assinantes, dois quais 10 milhões pagos.

Apesar de não revelar números locais, Gustavo Diament, responsável pelas operações na América Latina, diz que mesmo antes disso, mais de 400 mil pessoas cadastraram seus e-mails para receber uma senha de acesso ao serviço. De acordo com ele, o sucesso da empresa é baseado num tripé, que reúne o conteúdo gerado por profissionais (hoje já conta 250 curadores de conteúdo no Brasil), a personalização do consumidor ao elaborar seu próprio play list e o ambiente social, onde se pode acompanhar as preferências dos amigos e artistas preferidos. "A pessoa pode fazer a trilha sonora da sua vida ou conhecer as preferências de seus amigos, o que se torna um incentivo para que se ouça mais música".

Somado a isso, o Spotify reúne mais de 30 bilhões de músicas, um bilhão de play lists, ao qual são acrescentados 5 milhões todo dia. "Temos um algoritmo muito leve, que permite uma boa experiência em qualquer tipo de dispositivo. Num smartphone, por exemplo, mesmo que a conexão caia, a musica poderá ser ouvida, pois o download é realizado em menos de 200 milissegundos".

Anunciou também que o Spotify Brasil formalizou parceria com a Coca Cola, patrocinadora da música da Copa do Mundo; com a produtora do cantor Gilberto Gil, que vai inserir seu plays list gratuitamente para os assinantes; e com o Instituto Criar, para ajudar jovens carentes em oficinas de gravação e edição de áudio.

Diament diz ainda que globalmente foram formalizados mais de 300 mil acordos de direitos autorais com as gravadoras, que recebem cerca de 70% da receita total da empresa, tornado um canal importante pra gerar receitas aos profissionais da musica. "Nosso principal concorrente é a pirataria, situação que será revertida à medida que os consumidores conheçam o serviço", enfatiza. A assinatura do Spotify hoje é de US$ 5,99 em breve será oferecida em real, ao preço de RS$ 14,90 ao mês.

Deixe seu comentário