Intel apresenta Projeto Athena e a 10ª Geração de processadores Core para PCs

0
0

Durante a COMPUTEX 2019, em Taiwan, a Intel anunciou uma série de novos produtos e tecnologias para os principais segmentos da indústria de PCs. Desde a chegada da 10ª Geração de processadores Core, passando por informações adicionais sobre o programa de inovação Projeto Athena até o primeiro processador de jogos com um turbo de 5GHz.

A 10ª Geração de processadores Intel Core incorpora IA de alto desempenho a PCs com o Intel Deep Learning Boost (Intel DL Boost). Os processadores são desenvolvidos com base na tecnologia 10nm da empresa, além da nova arquitetura de núcleos "Sunny Cove" e gráficos Gen11. Os processadores da 10ª Geração Intel Core irá abranger desde o Intel Core i3 ao Intel Core i7, com até 4 núcleos e 8 threads, frequência max turbo de até 4.1 e frequência de gráficos de até 1.1GHz.

O objetivo da Intel com a nova tecnologia é revolucionar o segmento de laptops ultrafinos e 2 em 1, oferecendo:

• Desempenho inteligente: Primeiros processadores da Intel desenvolvidos para oferecer IA de alto desempenho para laptops com desempenho 2.5X maior graças à tecnologia DL Boost para cargas de trabalho de baixa latência. A nova arquitetura de gráficos oferece até um teraflop de computação vetorial para cargas de trabalho de inferência para níveis inéditos de criatividade, produtividade e entretenimento em laptops ultrafinos. Já o Intel® Gaussian Network Accelerator (GNA) vem embutido no SoC para usos de IA baixo consumo em PCs.

• Um salto em capacidades gráficas: Os novos gráficos Intel Iris Plus, baseados na arquitetura de gráficos Gen11, oferecem praticamente o dobro de desempenho2 para experiências visuais arrebatadoras. A inovação possibilita recursos de criação de conteúdo de nível profissional com quase o dobro de codificação HEVC em qualquer lugar[iv]; transmissão de vídeos 4K HDR com cores mais nítidas; execução de jogos com FPS duas vezes mais rápidos[vi] e de milhares de títulos populares em 1080p.

• Melhor conectividade do mercado: A combinação inédita do Thunderbolt 3 com o Intel Wi-Fi 6 integrado (Gig +) permite velocidades sem fio quase 3x mais rápidas 3 junto à porta mais rápida e versátil do mercado. A implantação do Gig+ da Intel para conectividade Wi-Fi 6 oferece mais de 1Gbps de velocidade sem fio com segurança e desempenho superiores.

Projeto Athena 

A Intel também compartilhou mais detalhes sobre o seu programa de inovação Projeto Athena, incluindo a especificação-alvo 1.0[ix] que irá inaugurar a primeira onda de laptops ainda no segundo semestre deste ano. A empresa também apresentou alguns dos designs iniciais desenvolvidos por parceiros como Acer, Dell, HP e Lenovo.

Com base em anos de pesquisa para compreender as necessidades, desafios e expectativas dos usuários de laptops, o programa prioriza a ativação de experiências que reflitam condições reais, medidas pelos "principais indicadores de experiência" (em iglês, key experiência indicators, KEI).

A Intel desenvolveu as novas métricas KEI, usadas durante o processo de verificação do programa, como uma forma de testar e impulsionar experiências consistentes em laptops. As métricas têm como base uma série de pesquisas sobre as necessidades rotineiras de usuários reais de laptops em casa ou no trabalho.

Como parte do Projeto Athena, a fabricante está fornecendo suporte de engenharia em todo o ecossistema – com mais de 100 empresas contratadas – e novas ferramentas e instalações do Open Labs para dar suporte à verificação e testes em laptops.

Pela primeira vez, a empresa apresentou o Performance Maximizer (IPM), uma ferramenta de overclocking[xv] automatizado que leva o overclocking para uso massivo, facilitando o ajuste dinâmico e confiável de processadores para desktop da 9ª Geração Core desbloqueados com base em seu DNA de desempenho individual.

O IPM será gratuito e parte do conjunto de ferramentas com tecnologia Intel® Adaptix, uma seleção de ferramentas avançadas de tecnologia de software que ajudam fabricantes e consumidores a maximizarem o desempenho e a experiência em nível de plataforma. O conjunto inclui ainda os recursos Dynamic Tuning Technology, Extreme Tuning Utility e Graphics Command Center da Intel.

Por fim, a empresa apresentou novidades em outras três linhas de produtos:

• A Intel lançou 14 novos processadores da 9ª Geração de processadores vPro para alto desempenho em dispositivos móveis (série H) e desktop (série S), os processadores com desempenho mais alto do mercado para uso empresarial. Os processadores – com até 8 núcleos e 16 threads, podendo chegar a 5GHz em desktops e a 4.8GHz em dispositivos móveis – juntam-se pela primeira vez à melhor plataforma vPro para negócios, oferecendo desempenho superior em cargas de trabalho exigentes para uma experiência de usuário empresarial excepcional, recursos de segurança embutidos, gerenciamento remoto e estabilidade.

A Intel lançou 14 novos processadores Xeon E para estações de trabalho móveis e desktop, desenvolvidos sob medida para desempenho profissional, capacidades de análise de dados em tempo real, recursos de segurança de plataforma embutidos e recursos de gestão remota como parte da plataforma Intel vPro.

Pela primeira vez, os processadores Xeon E contam com até 8 núcleos, 16 threads, frequência turbo de 5GHz, Wi-Fi6 (Gig+), Memória Optane H10 e suporte de memória ECC com 128 GB DDR4-2666.

Também foi anunciada a nova família de processadores Core série X para criadores de alto nível, com lançamento previsto para o segundo semestre. Os processadores irão oferecer melhores frequências, maior velocidade de memória e Tecnologia Intel® Turbo Boost Max 3.0.

Deixe seu comentário