CPQD é o novo nó validador de blockchain global para identidade digital

0
181

O CPqD acaba de se tornar o novo nó validador da blockchain Sovrin, uma rede permissionada voltada para aplicações de identidade digital autossoberana. O anúncio global foi feito nesta segunda-feira (24/6) pela Sovrin Foundation, organização internacional sem fins lucrativos que administra a rede Sovrin.

A blockchain Sovrin faz o papel de validar identidades digitais de pessoas. Como validadora da rede, a função do CPqD será manter um nó dela operando no Brasil, para participar da validação das transações executadas. A empresa explica que a validação da transação só ocorre com o consenso de todos os nós da rede.

De acordo com o conceito de identidade digital autossoberana, o próprio dono (holder) da identidade digital é o responsável pelo controle e gestão dos seus dados. E isso inclui não só dados pessoais básicos, mas também informações sobre seus relacionamentos com outras pessoas, empresas e até coisas.

O CPqD é o segundo nó validador da Sovrin no Brasil. Ainda segundo a empresa, está totalmente alinhado à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e ao Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR), da União Europeia.

Atualmente, cerca de 60 organizações em todo o mundo contribuem para o suporte à rede Sovrin, permitindo a utilização de identidade digital autossoberana por um ecossistema diverso e global. A rede Sovrin utiliza o framework Hyperledger Indy, uma das ferramentas do Hyperledger Project, mantido por The Linux Foundation e do qual o CPqD é um membro associado.

Deixe seu comentário