Uber China deve levantar US$ 1,4 bi em rodada de captação de recursos

0
0

O aplicativo de caronas Uber, que viabiliza corridas particulares unindo motoristas autônomos e passageiros, estaria prestes a completar uma rodada de captação de recursos de cerca de US$ 1,4 bilhão para sua subsidiária na China, segundo pessoas familiarizadas com o assunto disseram à Bloomberg.

O Uber China atraiu investidores como o gigante chinês da internet Baidu, dono do buscador mais popular da China, uma unidade do conglomerado estatal chines Citic Group e a China Life Insurance, segundo a mesma fonte. O próprio Uber está investindo de US$ 300 milhões a US$ 500 milhões em suas operações naquele país como uma demonstração de confiança na viabilidade da unidade.

A rodada de captação é parte dos esforços do Uber para competir na China contra a líder de mercado Didi Kuaidi, que tem o apoio de gigantes locais da internet como o Alibaba Group Holding e a Tencent Holdings. O Uber planeja investir mais de 7 bilhões de iuans para expandir suas operações na China, que deve superar o mercado americano até o fim deste ano, segundo disse o CEO do Uber, Travis Kalanick, em um comunicado aos investidores, em junho.

O valor de mercado do Uber China é de cerca de US$ 7 bilhões e a empresa deve listar suas ações na Bolsa de Hong Kong ou da China Continental dentro de cinco anos, de acordo com documento de oferta distribuído aos investidores.

Deixe seu comentário