CBMM adquire plataforma da Dassault Systèmes para acelerar desenvolvimento de aplicações com Nióbio

0
259

A CBMM anuncia a utilização da plataforma 3DEXPERIENCE da Dassault Systèmes para otimizar o processo de desenvolvimento de novas aplicações para o mercado automotivo. A companhia utilizará os recursos de simulação e otimização de design e de materiais para acelerar a jornada de testes, intensificando o uso do Nióbio com outros materiais como o aço, por exemplo. Com isso, a expectativa é reduzir os custos e o ciclo de vendas, acelerando o Go-to-Market da empresa.

Sediada no Brasil e com escritórios na China, Países Baixos, Singapura, Suíça e Estados Unidos, a CBMM atua em mais de 40 países. A companhia oferece seus avançados produtos para cerca de 400 clientes internacionais, dos setores de infraestrutura, mobilidade, aeroespacial e energia. Além disso, atua diretamente com o segmento automobilístico, desenvolvendo soluções específicas para sistemas e aplicações que visam o aumento da segurança e da eficiência energética através do uso de materiais mais eficientes. Nesse campo, a plataforma 3DEXPERIENCE será utilizada para unificar dados de design, engenharia, testes e fabricação em um único ambiente digital, colaborativo e preparado para avaliar quesitos como durabilidade, tenacidade, eficiência, entre outras análises.

Entre os projetos que já estão em andamento estão o desenvolvimento de novas estruturas de caminhões e implementos rodoviários. O plano é melhorar o design e otimizar o uso de materiais, e a criação de modernos sistemas de freios com discos e suportes mais eficientes. Segundo a empresa, as estruturas de caminhão demoram de 2 a 3 anos para serem desenvolvidas, as de automóveis consomem 5 anos e os sistemas de freios cerca de 3 anos. Com a parceria com a Dassault Systèmes, esse tempo deverá ficar inferior a um ano em todas essas frentes.

Por isso, o trabalho em conjunto das empresas é visto como uma importante notícia, também, para o avanço de novas frentes de produção em toda a cadeia da indústria automotiva. A digitalização dos processos de testes permitirá que os fabricantes do segmento tenham acesso a dados sobre as vantagens da utilização de materiais e peças com Nióbio, ampliando seu uso.

Vale destacar que o setor de design e de materiais automotivo enfrenta uma demanda crescente em relação a requisitos de sustentabilidade, além de necessitar de uma abordagem digital totalmente integrada para mitigar eventuais desafios, reduzir prazos e melhorar a performance de produção. Todo esse ganho de eficiência na cadeia produtiva, bem como a redução dos níveis de estoque, só é possível graças ao uso da tecnologia da Dassault Systèmes.

Deixe seu comentário