Sigfox e WND anunciam implantação de rede de IoT no Brasil

0
0

A Sigfox, provedora mundial em serviços de comunicação dedicada para a Internet das Coisas (IoT) e a WND, empresa criada para ampliar sua presença em toda a América Latina, divulgaram que vão iniciar a implantação da rede IoT dedicada por todo o Brasil começando com o Rio de Janeiro e São Paulo.Esta nova implementação marca a adição do décimo oitavo país onde a empresa está presente em todos os continentes.

"Segundo o GSMA Intelligence, o Brasil é o quarto maior mercado mundial de máquina-a-máquina (M2M) e Internet das Coisas (IoT), o que torna o país parte importante e estratégica do objetivo da Sigfox de estabelecer uma rede global de Internet das Coisas para bilhões de objetos", disse Rodolphe Baronnet-Frugès, vice-presidente executivo da divisão de redes e operadoras  da empresa.

"Esta implantação com a WND também marca o lançamento da Sigfox na América Latina, com mais países vindo logo a seguir, à medida que expandimos nossa cobertura em toda a região", disse ele.

A WND foi fundada em 2015 por Chris Bataillard, um empresário e investidor ativo  e conselheiro em diversas empresas de telecomunicações e de alta tecnologia. Durante seus 20 anos de serviços na área de investimentos, ocupou diferentes cargos executivos no Goldman Sachs e JP Morgan. Cofundador da Inquam/Zapp juntamente com a Qualcomm em 2000, ele ganhou experiência em iniciar e gerir redes de celulares.

"A rápida expansão da Sigfox nos EUA, Europa, Ásia-Pacífico e Oriente Médio demonstra o apelo universal de sua rede e do ecossistema da Internet das Coisas, que permitem às operadoras fornecer rapidamente aos clientes conectividade de baixo custo e eficiente em economia de energia para uma grande diversidade de aplicativos", disse Bataillard. "O Brasil e a América Latina são grandes mercados para a solução de IoT da Sigfox e estamos muito felizes em poder oferecer rapidamente os seus serviços em toda a região."

Em parceria com a Thought Creator, um fabricante de dispositivos de IoT e provedor de soluções em Portugal, a WND desenvolveu um dispositivo de geolocalização de baixo custo, especificamente para o mercado de rastreamento de ativos da América Latina, com uma bateria com durabilidade de mais de um ano.

"Já identificamos uma forte demanda da indústria de seguros para reduzir os custos com seguros contra roubo", explicou Bataillard. "Pequeno e barato, este dispositivo de localização, que oferece uma combinação de Wi-Fi e recursos da Sigfox, tem várias aplicações em ambientes internos e externos para empresas e consumidores. Essas aplicações incluem o rastreamento de equipamentos de construção e telecomunicações, pacotes, veículos e bicicletas e animais de estimação."

Ao iniciar a implantação no Rio de Janeiro, as duas empresas esperam ter cobertura de rede por toda a cidade até agosto. O dispositivo de geolocalização estará disponível para a demonstração de aplicações simples, mas essenciais, ativadas pela IoT, incluindo o rastreamento, quase em tempo real, de pertences pessoais através de celulares.

Deixe seu comentário