Ações da BlackBerry têm forte alta após CEO elevar para 80% chance da empresa se reerguer

0
25

As ações da BlackBerry abriram o pregão da Nasdaq, nesta quinta-feira, 29, em alta de 3,56% em relação à cotação no fechamento da última quarta-feira, 28. Os papéis da fabricante canadense iniciaram o dia valendo US$ 7,55, contra US$ 7,29 no encerramento de quarta, mas às 11h05 (horário de Brasília) atingiram o pico de US$ 7,79, elevação de 6,85% em relação ao preço de abertura.

A alta é atribuída à declaração do CEO da BlackBerry, John Chen, na última quarta, durante participação no Code Conference, evento realizado na Califórnia pelo site especializado em tecnologia re/Code. Ao ser questionado sobre um prognóstico para a empresa, que registrou um prejuízo de US$ 5,9 bilhões no ano fiscal de 2014, encerrado em março, o executivo afirmou que a probabilidade da fabricante canadense dar a volta por cima e se recuperar da forte crise que vem enfrentando nos últimos anos é de 80%. Em novembro, quando assumiu o cargo, Chen afirmou que as chances da empresa conseguir se reerguer eram de 50%.

"Nós temos um monte de problemas, mas não estamos mortos", disse Chen, acrescentando que o futuro da empresa vai depender de retornar com sucesso às suas raízes empresariais com o desenvolvimento de produtos voltados para mercados especializados, onde a segurança é valorizada, como no segmento de saúde.

A companhia também continuará a investir no mercado de smartphones. Na semana passada, a fabricante firmou acordo com a Foxconn para o desenvolvimento e fabricação de um smartphone que será vendido na Indonésia e que deverá ser lançado naquele mercado ainda neste ano. Embora venha registrando queda nas vendas de celulares nos últimos anos, a receita proveniente desses aparelhos continua a ser vital para a empresa. Com informações de agências internacionais.

Deixe seu comentário