IPA contesta atuação da Accenture em mídia programática

0
0

O IPA – Institute of Practitioners in Advertising, entidade de agências publicitárias fundada em 1917 da Inglaterra, manifestou grande preocupação ao anúncio de que a consultoria e auditoria de mídia Accenture planeja fornecer serviços de compra de mídia programática para os anunciantes.

A intenção da Accenture é ampliar sua oferta de serviços para incluir planejamento de mídia de publicidade e compra de serviços em concorrência com agências de mídia e, ao mesmo tempo fornecendo serviços de auditoria de mídia, avaliação e gestão de campo, o que caracteriza um conflito direto de interesse, segundo Paul Bainsfair, CEO da entidade.

A IPA descreveu os novos negócios da Accenture como incompatíveis com sua função atual de auditor de mídia. "Além de comprometer a imparcialidade, nenhuma empresa pode legitimamente oferecer serviços de mídia concorrentes para um mercado onde tem acesso a metade da auditoria de clientes e dados confidenciais de agência de mídia e informações financeiras, em uma era onde a transparência está sob os holofotes, este evidente conflito de interesses é inaceitável".

O papel da empresa como auditor de mídia também vem sendo investigado na Austrália, onde a Accenture publicou um comunicado global para o ING Direct que foi ganho pela UM. Três semanas depois, a UM foi selecionada como agência de mídia global da Accenture, segundo a AdNews. A Accenture insistiu que os clientes tomam decisões de seleção de agências de mídia, não a Accenture, enquanto o ING Direct não comentou.

A Accenture Interactive já administra programaticamente vários clientes, incluindo HP, Radisson Hotel Group e Melia Hotels.

A empresa insistiu que pode gerenciar qualquer conflito e não forneceria serviços de auditoria e de mídia ao mesmo cliente. Scott Tieman, líder global dos serviços programáticos na Accenture Interactive, disse que "auditorias de mídia são conduzidos por uma equipe dedicada do setor de compras dentro das operações da Accenture, e existem políticas para garantir que a informação não seja compartilhada em outras partes do negócio da Accenture."

Deixe seu comentário