CESAR lança fundo educacional para brasileiros em situação de vulnerabilidade

0

No ano em que CESAR, centro de inovação que forma pessoas e impulsiona organizações, completa 26 anos de atividades, a organização anuncia o lançamento de um fundo educacional para incentivar cada vez mais que brasileiros em situação de vulnerabilidade possam estudar na CESAR School.

Toda a sociedade poderá contribuir com doações financeiras para ampliar a oferta de bolsas de estudo. O objetivo do CESAR é apoiar estudantes brasileiros em situação de vulnerabilidade social. Vale lembrar que no mês de março, segundo o IBGE, 12 milhões de

brasileiros estavam desempregados – e contraditoriamente havia 200 mil vagas em aberto na área de Tecnologia da Informação e Comunicação. "Queremos formar e capacitar cada vez mais pessoas, mostrando que existem oportunidades de estudo que podem impactar e transformar nosso país. Estamos abertos a receber doações de todos aqueles que valorizam e acreditam no trabalho da CESAR School para criar novos líderes", comenta Eduardo Peixoto, Chief Executive Officer do CESAR.

A meta da companhia é chegar no final do ano de 2022 com R?2 milhões em doações. Cada aluno tem um custo de aproximadamente R?100 mil durante toda a graduação. "Para isso precisaremos contar com o apoio de doadores – pessoas que acreditam no poder de transformação da educação, para ampliar a nossa oferta de bolsas", explica o CEO.

"Após 25 anos sendo uma das maiores referências em Inovação do país, o CESAR busca consolidar o seu papel como agente de transformação. Ao criar o Fundo Educacional para escalar o acesso de mais pessoas na sua graduação, junto com várias outras ações de inclusão e diversidade que hoje são praticadas na organização, assumimos o desafio de gerar impacto na sociedade e estamos alinhados com a agenda 2030 convocada pela ONU através dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para um planeta mais próspero e menos desigual", conta Karla Godoy, Chief Operating Officer do CESAR. "Deixamos aqui o convite para que mais pessoas e empresas possam se juntar a nós nessa importante causa tão necessária e urgente!", finaliza Karla.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui