Plataforma digital conecta pessoas que querem doar ou trocar alimentos saudáveis

0
21

Tornar a alimentação do brasileiro mais saudável, combater o desperdício e reduzir o deslocamento em busca de tais produtos: três problemas resolvidos colaborativamente de uma só vez. A partir desse insight, e com a ajuda da tecnologia, a FarmSquare, uma ferramenta social para promover o acesso a frutas, legumes e verduras, chega com o objetivo de conectar diretamente quem cultiva os alimentos com quem procura por eles, sem intermediários. A plataforma surge em um momento em que o conceito de urban farming já é uma realidade brasileira, além, claro, da busca por uma melhor qualidade na alimentação.

O Brasil, hoje, é um país 84% urbano e 16% rural. Nos anos 70, era quase um empate: 56% das pessoas nas cidades e 44% no campo. A urbanização também trouxe outros problemas relacionados à alimentação como o desperdício, falta de acesso a alimentos saudáveis, entre outros. Nesse cenário, a popularidade do cultivo urbano cresce como opção para quem quer desenvolver hábitos alimentares mais saudáveis.

"Feito por Amigos"

A plataforma surge com a missão de conceber uma comunidade que une pessoas e empresas em torno de causas importantes. A inspiração nasceu de um primeiro encontro da marca de sucos Del Valle com o apresentador Rodrigo Hilbert, dono de uma horta caseira onde produz alimentos para consumo próprio. Ele tentou algumas vezes doar o excesso da sua produção, mas sempre esbarrou na burocracia.

"Não é uma campanha, é de fato uma plataforma de longo prazo, que soma parcerias, com a responsabilidade de promover uma alimentação saudável e nutritiva, ao mesmo tempo em que valoriza a relação direta entre as pessoas", explica Marcelo Pascoa, diretor de Creative Excellence da Coca-­Cola.

Além da Del Valle e do Rodrigo Hilbert, se juntam a FarmSquare parceiros como David Hertz, Chef, Empreendedor Social e fundador da Gastromotiva, a FLAGCX, parceira na concepção da plataforma, Niiez, estúdio de design e consultoria criativa e a CI&T, responsável pelo desenvolvimento da solução digital.

Para Roberto Martini, CEO da FLAGCX, FarmSquare é um exemplo de como a tecnologia pode simplificar progressos. "Usando a tecnologia para desintermediar conexões, nós conseguimos acelerar a mudança e a solução para alguns dos principais desafios da sociedade", destaca.

"Em parceria com a Del Valle/Coca­-Cola, a CI&T criou uma plataforma digital fundamentada em mobile first, social e material design do Google. Com recursos de geolocalização, chat online e imagem, o usuário é capaz de identificar e se comunicar com pessoas próximas interessadas em compartilhar alimentos, e ainda ver as condições dos produtos. É uma iniciativa de economia colaborativa e sustentável, inserida numa jornada digital com foco na conexão e no engajamento de pessoas para um consumo consciente", disse Leonardo Mattiazzi, vice-­presidente de inovação da CI&T.

Mesmo contando com casos de sucesso capitaneados por empresas como Uber e Airbnb – ­que utilizam a tecnologia para criar conexões diretas e resolver desafios da sociedade, até então não havia uma ferramenta que fizesse o mesmo para troca e doação de alimentos – fazendo de Del Valle pioneira nessa alternativa.

Para lançar o projeto, foi produzido um vídeo em que Rodrigo Hilbert e outros produtores de alimentos, já cadastrados na plataforma, explicam a razão de ser e o funcionamento de FarmSquare. O vídeo, ativado no meio digital, direciona os consumidores para o site da plataforma: farmsquare.com.br. Nesse ambiente, os interessados podem buscar ofertas de doação e troca de alimentos e também se cadastrar como doador. Para isso, basta ser produtor de qualquer tipo de fruta, verdura ou legume seja em uma horta ou na janela de um apartamento.

Deixe seu comentário