Oi abre seu laboratório de IoT para startups desenvolverem soluções

0
20

A Oi anunciou nesta quinta-feira,29, no IoT Business Forum 2017, realizado em São Paulo, a abertura de seu laboratório de Internet das Coisas (IoT) para startups. A intenção é oferecer um espaço de colaboração para fomento e desenvolvimento de soluções de IoT, fazendo parcerias com aquelas que corresponde a estratégia de negócios da operadora.

De acordo com Luiz Carlos Faray, diretor de TI para B2B da Oi, o credenciamento de startups começou hoje e a operadora quer atrair as empresas de qualquer área, desde agronegócio à casa conectada. A ideia é que as startups utilizem a plataforma de conectividade e gestão da Oi para desenvolvimento de seus dispositivos.

"Estamos oferecendo espaço de trabalho, profissionais e ambiente de rede, com conectividade para ser usada em testes, emulador de transmissão de dados e equipamentos de segurança que podem testar as vulnerabilidades dos dispositivos", afirma Faray.

A iniciativa faz parte do desenvolvimento da própria Oi, visto que a operadora acredita que a IoT "não é um jogo que se joga sozinho, é uma cadeia de parceiros que oferecem uma solução completa para o mercado", explica o diretor.

Ainda segundo Faray, a Oi não tem o interesse em desenvolver o dispositivo em si, mas sim na homologação dele para oferecer junto com uma solução completa, com a startup sendo a fornecedora do hardware. Algumas soluções a própria operadora pode lançar, outras podem ser lançadas pelas startups utilizando as plataformas de gestão da Oi.

O laboratório de IoT da operadora foi criado em meados de 2016 em parceria com a Nokia. O diretor lembra que a Oi já possuía um laboratório de rede no Rio de Janeiro e trouxe todo o aparato de IoT para testar os processos de integração de rede, atualização e homologação de dispositivos, segurança e conectividade no padrão 3GPP, que a Oi acredita ser o futuro da conexão de dispositivos. "O laboratório é capaz de testar soluções fim a fim", diz.

Deixe seu comentário