UPS cria subisidiária para operar serviços comerciais de transporte por drone

0
0

A UPS acaba de solicitar à Federal Aviation Administration (FAA) uma certificação especial para operar voos comerciais de drone e, para isso, criou uma subsidiária chamada UPS Flight Forward Inc.
A nova subsidiária é uma empresa recém-incorporada que pode receber a certificação "Part 135" da FAA ainda neste ano, o que levará a UPS a ter uma das primeiras operações comerciais de drones totalmente certificadas nos Estados Unidos.

Essa certificação estabelece as bases para os voos de drone além da linha visual de um operador, de dia ou de noite. Esses voos são altamente restritos nos Estados Unidos e aprovados apenas por exceção.

Ao contrário das certificações mais limitadas da FAA para voos de drones de outras empresas, a UPS Flight Forward operaria sob a certificação completa Part 135 da FAA, que concede uma designação legal a uma empresa como transportadora aérea e operadora certificada.

Atualmente, a UPS está operando entregas por drone sob as regras da Part 107 da FAA. Em março, a UPS iniciou o primeiro transporte regular comercial por drone sancionado pela FAA, com voos rotineiros e sob contrato de transporte de amostras médicas no principal hospital e campus da WakeMed em Raleigh, Carolina do Norte, nos Estados Unidos. A UPS planeja expandir esse serviço para outras instalações hospitalares.

Deixe seu comentário