Process Mining da ABBYY facilita a reinvenção dos negócios no mundo pós-covid

0
44

Post content – A reinvenção dos processos de negócios no mundo pós-covid foi o tema do debate promovido pela ABBYY, empresa de inteligência digital, nesta semana. O encontro Roda Viva: Inovação em processos em tempos de COVID teve como debatedores Cláudio Chaves, diretor Regional da ABBYY América Latina; Luciano Ramos, gerente de Pesquisa e Consultoria do IDC América Latina e Jefferson Costa, diretor Sênior para Dados e Inteligência Artificial da Avanade América Latina e APAC.

Jefferson Costa, da Avanade, fez uma análise de como os negócios foram alterados durante o período da pandemia.  "O impacto da pandemia levou as organizações a  repensarem a visão que tinham  sobre a continuidade de negócios. O mundo passou pela desaceleração da economia, pela recessão e busca, agora, a retomada do crescimento e compreender o que chamamos de novo normal", argumentou. Nesse contexto, cada setor da economia teve uma reação em tempos diferentes – isso foi determinado pela agilidade de cada vertical e cada empresa em digitalizar e redesenhar seus processos. "Tudo depende de como as empresas encaram a transformação digital.  Aquelas focadas na digitalização simples demoraram um pouco mais para perceber que, no mundo pós-covid, os processos são mais complexos, exigindo que os profissionais de processo impulsionem as inovações de negócios com a ajuda de inteligência artificial e machine learning". Na visão de Costa, coletar e analisar dados é uma fase essencial no processo de process mining. Isso deve ser feito de forma contínua, inclusive oferecendo uma visão preditiva sobre possíveis mudanças no processo. "Essa agilidade é uma alavanca para o crescimento dos negócios no novo normal".

Para Cláudio Chaves, diretor Regional da ABBYY América Latina, um dos impactos mais claros da pandemia nos negócios foi a compreensão da importância de aliar a digitalização  à inteligência de processos. Essa estratégia deve acontecer em paralelo, propiciando à empresa inovação na gestão de seus negócios e ganhos efetivos na experiência oferecida a seus clientes.

Profissionais de processo ganham domínio sobre recursos IA e ML

"Nesse contexto, merece destaque o papel crítico dos analistas de negócios e experts em desenho de processos. No mundo pós-covid, a complexidade das redes de fornecimento (supply chain) é tal que somente com auxílio de plataformas de Process Mining baseadas em IA e ML torna-se possível mapear o processo real. Em 2021 e além, o mercado passa a buscar profissionais de processos capazes de lidar com a complexidade da economia digital". Com isso, os profissionais de negócios não se viram mais ameaçados pela tecnologia. A ideia básica da Mineração de Processos é descobrir, monitorar e melhorar processos reais, extraindo conhecimentos de logs de eventos disponíveis em diversos sistemas de informação.

Segundo Chaves, a automação de processos do passado centrava-se somente nas entrevistas com colaboradores, nas respostas a questões iniciais. Entretanto o Process Mining oferece insights e ações às organizações relacionando aprendizagem de máquina e mineração de dados, o que garante muito mais confiabilidade à tomada de decisões para implementar processos novos e mais eficientes.

"Este aprendizado se dá pela própria variação dos processos dentro da companhia e por estes ambientes dinâmicos.  A tecnologia coleta a informação e dá início a novos processos e todo o contexto se executa de forma dinâmica. Essa abordagem permite que se perceba rapidamente onde se encontram os gargalos. A conexão entre a plataforma de Process Mining e sistemas como ERP, por exemplo, automatiza ações corretivas, além de gerar alertas sobre a necessidade de desenhar novos processos para fortalecer ainda mais os negócios". Essa estratégia entrega à empresa como um todo – incluindo o C-Level – uma visão preditiva e muito inovadora sobre o papel dos processos na empresa digital.

Para Luciano Ramos, gerente de Pesquisa e Consultoria do IDC América Latina, o mercado está percebendo a importância dos desafios e benefícios que o Process Mining oferecem às empresas.  Como ele evidenciou, hoje as companhias procuram encontrar as melhores ações  para identificar problemas de negócio e para isso é necessário a coleta de dados ( estruturados ou não) para análise e consequente automação, bem como estabelecer métricas  para ter sucesso em cada etapa da automação.

Velocidade na correção de processos é essencial

"As companhias precisam monitorar e identificar rapidamente as falhas nos processos e automação para corrigi-las – a velocidade é fundamental para isso. Ao mesmo tempo, é importante a construção de Business Cases de acordo com as melhores práticas e com isso, acelerar o desenvolvimento dos processos", argumentou.

Segundo ele, o home office desse período de pandemia acelerou a procura por plataformas de automação e as empresas que melhor entenderam os ciclos dos processos  conseguiram melhores resultados.

"A automação sofreu, de um dia para o outro, um grande impulso – mas em muitos casos não havia muitas métricas e não havia consenso entre quais processos seriam elegíveis para a transformação", disse Cláudio Chaves. "A introdução da Inteligência Artificial e do Machine Learning  compuseram um novo dataset  para treinar os modelos de processo,  tudo isso visando ter uma visão  apoiada  em pessoas , processos e profissionais  que fazem mais sentido para os negócios nestes novos tempos", reforçou.

As soluções e serviços ABBYY capacitam as organizações a ganhar um total entendimento de seus processos de negócios e do conteúdo que abastece esses processos. Um dos destaques da oferta ABBYY é, por meio de recursos de inteligência artificial, realizar a descoberta dos processos reais da empresa, em muitos casos diferentes dos processos oficiais da organização.

Deixe seu comentário