Foxconn e HP formam joint venture voltada à produção de linha de servidores para a nuvem

0
206

A Hon Hai Indústria de Precisão, divisão da Foxconn International Holdings (FIH) e principal fornecedora da Apple, e a HP, anunciaram nesta quarta-feira, 30, que firmaram acordo para a criação de uma joint venture. Sem revelar qual será o nome da nova empresa nem os termos financeiros envolvidos na operação, as companhias apenas declararam que a joint venture irá produzir servidores destinados a grandes provedores de serviços na nuvem.

Em comunicado, a HP diz que a nova linha de produtos irá atender especificamente os requisitos de computação dos maiores provedores de serviços na nuvem do mundo, oferecendo um baixo custo total de propriedade (TCO), escalabilidade e suporte. A nova linha também vai complementar o portfólio atual de servidores ProLiant da HP, incluindo o Moonshot.

Para a HP, especificamente, que continuará a fabricar seus próprios servidores, o movimento é uma aposta estratégica para tentar retomar o lucro, depois de ver suas vendas de hardware caírem mais que o dobro, conforme o The Wall Street Journal. Em fevereiro, a CEO da HP, Meg Whitman, chegou a comentar ao jornal americano que viu a venda do negócio de servidores da IBM — sua maior rival — à chinesa Lenovo como uma oportunidade para ganhar maior participação de mercado.

A fusão também representa uma estratégia da Foxconn para competir diretamente com a taiwanesa Quanta Computer, que fechou importantes contratos de produção de servidores nos últimos anos com o Facebook, Amazon e Rackspace. "A computação em nuvem está mudando radicalmente toda a cadeia de suprimentos para o mercado de servidores, na medida em que clientes apostam na demanda de soluções orientadas para a criação de valor", disse Terry Gou, presidente da Foxconn.

"Esta parceria reflete o modelo inovador de nosso negócio de servidores, onde a expertise da Foxconn, combinada à liderança de serviços da HP, nos permitirá ofertar uma mudança na economia de infraestrutura", acrescentou Meg Whitman.

Deixe seu comentário