IFS: receitas de nuvem crescem 103% no trimestre

0
9

A IFS, fornecedora global de software de gestão empresarial, anunciou ontem seus resultados financeiros para o primeiro trimestre – janeiro a março de 2021. Após um forte 2020, os resultados do primeiro trimestre apontam para uma continuação da trajetória de crescimento em todo o negócio e, especificamente, em receita recorrente, receita com nuvem e receita referente ao gerenciamento de serviços.

A posição da IFS como escolha principal de fornecedor global para empresas que estão transformando seus modelos de negócios de venda de produtos para a venda de serviços e resultados é validada por seu desempenho no primeiro trimestre e o crescimento de três dígitos de seu negócio de gerenciamento de serviços em 103%.

 

O primeiro trimestre também viu alguns marcos importantes para a IFS, que incluem:

O lançamento do IFS Cloud, que foi o mais significativo da história da empresa. Traz toda a profundidade e amplitude de funcionalidades do IFS em uma única plataforma. Implementável de forma modular, on-premise ou na nuvem, oferece não apenas suporte a combinações na empresa, como também permite, por possuir inovação digital nativa integrada ao produto, acelerar a transformação digital.

A aquisição da Axios Systems estende a proposta de gerenciamento de serviços corporativos da empresa com a funcionalidade de Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) e Gerenciamento de Operações de TI (ITOM) e cria novas oportunidades para clientes da IFS e da Axios. A combinação da IFS com a Axios Systems é fundamental para a ambição da IFS de se consolidar como líder de mercado no espaço de serviço.

O lançamento global do posicionamento Momento de Serviço da IFS e da nova marca ocorreu em fevereiro. Isso definiu a estratégia clara da IFS para alinhar sua proposta de valor à servitização e se tornar o fornecedor padrão para organizações que desejam ser as melhores quando é importante para seus clientes – o momento do serviço.

O CEO da IFS, Darren Roos, comentou: "O lançamento do IFS Cloud no primeiro trimestre foi o mais importante da história da empresa. Foi um marco que cumpriu nossa promessa de ajudar os clientes a criar momentos de serviço verdadeiramente incríveis. O impressionante desempenho e crescimento da nossa nuvem e de nosso negócio de gerenciamento de serviços é uma evidência de que os clientes valorizam o fato de entendermos suas necessidades e fornecermos produtos que apoiam sua jornada". Ele acrescentou: "Além de nosso crescimento orgânico, estamos fortalecendo nossa proposta com a adição da Axios Systems para garantir que permaneçamos líderes de fato para empresas que desejam se diferenciar na forma como entregam e lucram com o serviço".

A CFO da IFS, Constance Minc, acrescentou: "Acredito que o primeiro trimestre representa o reconhecimento que a IFS está obtendo no mercado de software em nuvem. Ao continuar a entregar crescimento de receita recorrente de dois dígitos em 24%, estamos mostrando uma tendência de aumento consistente em nosso desempenho e na qualidade de nosso mix de receita. Com nossa receita de software em nuvem representando agora 40% de nossa receita total de software e 50% da receita recorrente, a IFS está atingindo alguns marcos muito significativos".

Outros destaques financeiros:

  • A receita de software do primeiro trimestre foi de 1,2 bilhão de coroas suecas, um aumento de 13% com relação ao ano anterior.
  • A receita recorrente do primeiro trimestre foi de 1,0 bilhão de coroas suecas, um aumento de 24% em comparação com o ano anterior, e representando mais de 80% da receita de software.
  • A receita da nuvem do primeiro trimestre aumentou 102% com relação ao ano anterior, representando mais de 40% da receita de software (receita da nuvem definida como todos os fluxos de receita associados a um acordo de implantação de nuvem)
  • Proporção das receitas de licença de novos clientes até 57%.

Deixe seu comentário