Indicador Hitwise mostra top categorias de e-commerce do Brasil em maio

0
0

A Serasa Experian lançou o Indicador Hitwise de e-Commerce, que divulga mensalmente a participação de visitas das principais categorias de "Compras e Classificados", que engloba todos os sites especializados em compras, leilões e classificados, além de programas de fidelidade e comparadores de preço de todo o Brasil. O indicador da Hitwise, ferramenta de inteligência digital, revelará quais as categorias de sites de e-commerce mais visitados no Brasil, bem como as diferenças entre os rankings de todas as regiões do país.

"Com o crescente interesse dos usuários de Internet pelo comércio eletrônico, percebemos a necessidade de compartilhar mensalmente com a sociedade informações sobre a participação de visitas das principais categorias, o que reforça nosso compromisso na provisão de informações de qualidade para acompanhamento de tendências da web e tomada de decisões por indivíduos e empresas. A ferramenta Hitwise permite observar de perto as movimentações dos usuários de Internet no país, sempre respeitando sua privacidade", afirma Juliana Azuma, superintendente de Marketing Services da Serasa Experian.

Em maio de 2014, o grupo de sites de e-commerce ficou em 5º lugar na preferência dos usuários de Internet no Brasil, com 3,36% da participação de visitas, atrás de Internet e Computadores (56,25%), que inclui buscadores e redes sociais, Entretenimento (14,20%), Adulto (4,22%) e Negócios e Finanças (3,58%).

Subcategorias

Dentro do grupo de e-commerce, a categoria Classificados, que engloba sites em que usuários anunciam seus produtos para venda, ficou em primeiro lugar na preferência dos usuários de Internet no país, com 31,04% de participação de visitas da categoria em maio de 2014. A categoria Lojas de Departamento ficou em segundo lugar no ranking do grupo "Compras e Classificados" em maio de 2014, com 22,08% de participação de visitas.

Em terceiro lugar ficou a categoria Moda e Acessórios, com 13,88% de participação. Já na quarta posição ficou a categoria, aparece a categoria Leilões, com 12,38%, seguida da categoria Recompensas e Diretórios, que agrupa sites como comparadores de preço, compras coletivas, sites de cupom e programas de fidelidade, com 10,84%.

Em sexto lugar aparece a categoria Esporte e Fitness (7,33%), Saúde e Beleza (5,92%), Atacado e Vendas por Relacionamento (4,76%), Eletrônicos e Eletrodomésticos (3,06%) e Casa e Jardim (1,88%).

Em abril de 2014, o ranking foi composto por Classificados (31,93%). Lojas de Departamento (21,09%), Moda e Acessórios (12,62%), Recompensas e Diretórios (12,27%), Leilões (12,09%), Esporte e Fitness (6,23%), Saúde e Beleza (5,36%), Atacado e Vendas por Relacionamento (4,80%), Eletrônicos e Eletrodomésticos (2,91%), e Casa e Jardim (1,88%).

Fontes de Tráfego

Em maio de 2014, a categoria de sites mais visitada antes do grupo Compras e Classificados foi Ferramentas de Busca, representando 37,19% do volume de visitas que a categoria recebeu a partir de outros sites, seguida por Redes Sociais e Fóruns (10,83%), Classificados (8,59%) e Sites de e-mail (8,47%).

Distribuição regional

A região Sudeste tem 60,25% da participação de visitas aos sites do grupo Compras e Classificados no período de 12 semanas terminado em 31 de maio, seguida da região Sul, com 16,20%, Nordeste, com 12,04%, Centro Oeste, com 7,88%, e Norte, com 3,63%.

O estado com maior participação de visitas aos sites do grupo Compras e Classificados no período de 12 semanas terminado em 31 de maio foi São Paulo, com 34,63%, seguido do Rio de Janeiro, com 14,08%, e Minas Gerais, com 10,53%. O Paraná ocupa a quarta posição, com 7,40% de participação de visitas ao grupo de categorias no período, seguido de Rio Grande do Sul (5,62%), Santa Catarina (4,07%), Bahia (3,91%), Distrito Federal (2,81%), Goiás (2,28%), Pernambuco (2,10%), Espírito Santo (2,07%), Ceará (1,71%), Mato Grosso (1,23%), Pará (0,98%), Mato Grosso do Sul (0,92%), Paraíba (0,82%), Maranhão (0,76%), Rio Grande do Norte (0,74%), Sergipe (0,68%), Alagoas (0,64%), Amazonas (0,48%) e Piauí (0,45%).
Os cinco estados que menos tiveram participação de visitas à categoria no período foram Rondônia (0,44%), Tocantins (0,30%), Acre (0,18%), Roraima (0,09%) e Amapá (0,07%).

Deixe seu comentário