Senadores querem que Departamento de Justiça dos EUA investigue TikTok e Zoom

0
0

Os senadores Richard Blumenthal, democrata, e Josh Hawley, republicano, solicitaram nesta quinta-feira, 30, ao Departamento de Justiça dos EUA uma investigação das empresas de tecnologia de vídeo Zoom e da empresa de mídia social TikTok.

Os dois parlamentares disseram que estavam solicitando a investigação por causa de relatos de violações das liberdades civis dos americanos, informou a Agência Reuters.

"Com base em inúmeros relatórios, estamos extremamente preocupados com o fato de o Zoom e o TikTok terem divulgado informações privadas sobre os americanos à República Popular da China e se envolveram em censura em nome do governo chinês", disseram os senadores em uma carta enviada ao Departamento de Justiça.

O Zoom, em comunicado, diz que leva "a privacidade, a segurança e a confiança do usuário extremamente a sério e, como sempre, agradecemos as conversas com autoridades sobre nossas práticas e políticas comerciais globais".

O TikTok, de propriedade da ByteDance, com sede em Pequim, informou armazenar todos os dados nos Estados Unidos com backup em Cingapura.

Deixe seu comentário