TIVIT investirá R$ 200 milhões em soluções de nuvem até 2025

1
102

A TIVIT, multinacional brasileira e one-stop-shop de tecnologia, espera investir 200 milhões de reais em Cloud Solutions até 2025. A unidade de negócios registrou crescimento de 150% em nuvem pública e aumento de 24% em sua receita desde o início da pandemia, tornando-se, no primeiro semestre deste ano, a linha de negócios mais representativa da empresa.

Os recursos serão destinados a diferentes frentes, como infraestrutura de tecnologia em nuvem privada, conectividade em nuvens públicas, pesquisa e desenvolvimento de produtos e serviços, certificações, aquisição e qualificação de talentos, ações de marketing, entre outras ações, que receberão 60 milhões de reais ainda em 2021.

"Ao oferecermos serviços de alta qualidade e confiabilidade, alcançamos um crescimento significativo da nossa oferta em nuvem e conquistamos 25 novos clientes de alta relevância no mercado. Essa consolidação da área de Cloud nos permite realizar investimentos constantes para a adição de novas soluções ao portfólio e suprir a demanda do mercado", afirma André Frederico, diretor executivo e Head de Cloud Solutions na TIVIT.

A companhia, já reconhecida pela integração de serviços de tecnologia, tem diversificado sua área de atuação nos últimos anos para oferecer soluções integradas e ampliar suas fontes de receita, por meio do conceito de one-stop-shop. A área de cloud computing tornou-se uma das mais estratégicas e se destacou pela agilidade em responder às demandas dos clientes do mercado, que passa por um momento de aceleração da transformação digital e investimentos em nuvem. Segundo relatório da consultoria IDC Brasil, os gastos com infraestrutura e plataformas de nuvem pública no país devem atingir 3 bilhões de dólares neste ano, um crescimento de 46,5% no comparativo com 2020.

Diante desse potencial, a TIVIT tem apostado na diversificação dos serviços oferecidos para aprimorar a experiência dos clientes nos quesitos governança e otimização das operações em nuvem, seja na multicloud ou na nuvem híbrida. Entre eles, a Cloud Adoption Framework (CAF), conjunto de diretrizes para ajudar a implementar estratégia de negócios na nuvem, e FinOps, modelo de gestão e governança dos custos na nuvem, além de práticas voltadas à cibersegurança. A empresa também disponibilizou a nova versão da sua plataforma TIVIT One Cloud, para aprimorar a experiência do cliente com a gestão da nuvem, utilizando o componente CloudHealth by VMware, empresa com foco em soluções para o gerenciamento de múltiplos ecossistemas.

A empresa investiu, ainda, em consultoria, com o TIVIT Professional Services (TPS), time de profissionais para apoiar os clientes a alcançarem seus objetivos por meio de melhores práticas, estruturas e ferramentas, utilizando metodologias ágeis que aceleram a conclusão de projetos, ao mesmo tempo em que consideram a constante evolução das expectativas. Para as entregas TPS são destacados quatro pilares: "Assess" (definição, validação e planejamento da estratégia na nuvem), "Migrate" (migração e modernização de infraestrutura), "Optimize" (aumento de valor com redução de custos) e "Transform" (transformação do negócio com arquiteturas "cloud native" e modernização de aplicações).

Para seguir crescendo em 2021, a empresa espera reforçar o atendimento de clientes em todos os principais segmentos da economia, especialmente o financeiro. "Percebemos um movimento muito grande das instituições financeiras mais tradicionais com a migração de serviços para canais online ou com o lançamento de produtos nativamente digitais, além do crescimento das fintechs. Toda a regulamentação que favorece os serviços de Open Banking impulsiona a adoção da nuvem, e a TIVIT está pronta para atender a todos esses requisitos", conclui Frederico.

Aquisições de startups para fortalecer estratégia

Por meio da TIVIT Ventures, braço de investimentos da TIVIT, a organização tem realizado a aquisição de startups para fortalecer a estratégia de crescimento das unidades de negócios de Cloud Solutions e Digital Business e ampliar a oferta de soluções de ponta a ponta. Em abril deste ano, a TIVIT anunciou a compra da paranaense DevApi, startup de integração de sistemas (iPaaS – Integration Platform as a Service), desenvolvedora de plataforma que permite gerenciamento de aplicativos, sistemas e APIs de forma centralizada e intuitiva, reunindo em um só lugar as informações sobre desempenho, erros, consumo, entre outros. No início de julho, a adquirida foi a Lambda3, empresa de desenvolvimento de software focada em produtos digitais e metodologias ágeis.

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário