Google faz acordo com Comunidade Europeia para encerrar processo bilionário

0
19

O Google apresentou uma proposta para deixar de favorecer seu próprio site de comparação de compras em seu mecanismo de busca, depois que a empresa foi multada em  € 2,4 bilhões em junho para práticas anticompetitivas pela Comunidade Europeia.

Ele cumpriu um prazo de 60 dias estabelecido pela instituição para apresentar um plano sobre como ele irá pôr fim a esse comportamento anticoncorrencial, depois de ser considerado culpado de violar as regras antitruste da EU – União Europeia em junho passado.

De acordo com a CE, o Google "abusou da dominância do mercado como motor de busca", dando uma colocação proeminente ao seu próprio site de comparação de compras, lançado pela primeira vez em 2004.

Ao fazê-lo, os rivais foram rebaixados nos resultados de pesquisa e, por sua vez, o Google tornou seu próprio serviço muito mais visível para os consumidores.

Além de acertar o Google com a multa recorde, a CE disse que a empresa deve pôr termo às práticas dentro de 90 dias ou enfrentar penalidades de até 5% do volume de negócios global diário médio da empresa-holding Alfabeth.

Deixe seu comentário