General Motors planeja ofertar serviços de compartilhamento de veículos autônomos em 2019

0
0

A General Motors está se preparando para disputar mercado com a Uber, a Lyft e outras empresas que oferecem seu próprio serviço de auto-condução até 2019. "À medida que lançamos as frotas autônomas e de compartilhamento de viagens, acreditamos que as maiores oportunidades estão nas cidades litorâneas", disse a CEO da General Motors, Mary Barra, a analistas de mercado nesta quinta-feira,30, enquanto outros executivos da GM atualizavam os investidores sobre a estratégia da empresa para veículos autônomos.

A montadora já está operando o carro autônomo Chevy Bolts em São Francisco como parte de um teste beta executado pela subsidiária da companhia, a Cruise Automation. Dan Ammann, presidente da GM, diz que a montadora avança rapidamente  no seu objetivo de operar com segurança automóveis auto-dirigidos em ambientes urbanos complexos.

"Queremos demonstrar às pessoas o progresso feito na nossa missão geral, que é implantar esta tecnologia em grande escala e os ambientes mais complexos com a segurança certa", disse Ammann ao portal CNBC. Além de garantir que seus carros de autônomos possam transportar passageiros com segurança, a General Motors acredita fortemente na redução de custos destas viagens.

A GM espera que, na fase inicial, o custo inicial para os passageiros, em São Francisco, fique em aproximadamente $ 1.50 por milha (1,6 quilômetros), 40% abaixo do custo dos serviços operados com um motorista humano.

A montadora ainda está desenvolvendo seu plano de negócios. O anúncio da GM de que planeja iniciar um serviço de compartilhamento de carros autônomos ocorre menos de um mês depois de a Waymo, anteriormente conhecida como o Google Self Driving Car Project, ter divulgado que começaria um serviço de transfer de passageiros na área de Phoenix usando, as minivans auto-dirigidas da Chrysler.

Deixe seu comentário