Maioria das empresas não está preparada para a transformação digital, diz estudo

0
0

Embora a maioria dos executivos (78%) acredite que uma abordagem focada na digitalização possa impulsionar receitas, por outro lado, 70% deles admitem que suas empresas ainda não estejam totalmente preparadas para a transformação digital e precisam alterar a estrutura para tirar proveito desta tendência. É o que aponta estudo global encomendado ao IDG Research pela Dell, realizado com decisores de diversas áreas de negócio de 166 empresas de vários países, incluindo México, Países Baixos e Estados Unidos.

O relatório mostra que, em relação aos desafios que devem ser superados para que as empresas digitalizem suas operações, 73% dos profissionais apontaram a necessidade de mudança da mentalidade e da cultura corporativa. Quando questionados sobre as áreas que devem ter mais dificuldades na migração, 28% indicaram o departamento de finanças, 25% as áreas operacionais e 17% o atendimento ao cliente.

Quando questionados sobre os principais benefícios da transformação digital, os cinco tópicos mais citados pelos entrevistados foram: eficiência operacional, agilidade nos negócios, aumento da produtividade das equipes, vantagens competitivas e crescimento de receitas. Quanto às áreas mais avançadas atualmente nesse processo de digitalização dos negócios, 54% dos entrevistados citaram a TI, 40% o departamento de operações e 33% o website/e-commerce.

"O avanço de tecnologias – como análise de dados, mobilidade, mídias sociais e cloud computing – tem dado um poder inigualável para as corporações, ao permitir novos modelos de negócios e processos, bem como criar formas inovadoras de interação com clientes, parceiros e funcionários", afirma Ricardo Velasco, diretor de Serviços da Dell Brasil. "As empresas que aproveitarem essas oportunidades ao adotar uma abordagem focada na digitalização têm hoje uma enorme vantagem competitiva", complementa.

Deixe seu comentário