Google é indiciado e pode pagar multa de US$ 1,4 bi por práticas antitruste na Índia

0
5

O Google está sendo investigado por suas práticas anticompetitivas pela Comissão de Concorrência da Índia (CCI), órgão regulador antitruste do país, depois que a agência recebeu reclamações de que o gigante das buscas teria abusado de sua posição dominante no mercado e manipulado resultados de buscas. Se for considerado culpado, o Google pode receber multa de US$ 1,4 bilhão, o equivalente a 10% de seu lucro líquido obtido em 2014.

O diretor-geral da CCI apresentou um relatório na semana passada com base em preocupações levantadas pelo Bharat Matrimony, um serviço que facilita casamentos arranjados, e pela COnsumer Unit and Trust Society, uma organização local sem fins lucrativos. As queixas foram corroboradas por algumas das 30 empresas de internet que responderam ao CCI, incluindo Flipkart, Facebook, MakeMyTrip e Hungama Digital.

O relatório acusa o Google de exibir os seus próprios conteúdos e serviços com destaque nos resultados de buscas. Ainda de acordo com o documento, os links patrocinados exibidos nos resultados de pesquisa são dependentes do valor que o Google recebe de seus clientes com publicidade.

Segundo informa o site The Next Web, o gigante das buscas tem até o dia 10 de setembro para responder ao CCI, e apresentar-se diante de uma comissão de sete membros, uma semana depois. "Continuamos a trabalhar em estreita colaboração com o CCI e permanecemos confiantes de que vamos cumprir integralmente as leis de concorrência da Índia", declarou uma representante do Google em um comunicado.

Deixe seu comentário